Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/286037
Type: TESE
Title: Impactos da reconfiguração das atividades economicas sobre os mercados de trabalho nas metropoles de Belo Horizonte e Salvador
Title Alternative: Impact of the reconfiguration of the economic activities on the labour markets of Belo Horizonte and Salvador metropolitan areas
Author: Oliveira, Andre Mourthe de
Advisor: Dedecca, Cláudio Salvadori, 1957-
Abstract: Resumo: O objetivo principal desta tese á analisar os impactos da reconfiguração das atividades econômicas sobre os mercados de trabalho das metrópoles de Belo Horizonte e Salvador, no período 1995 a 2007. A hipótese que permeia este trabalho é a de que as atuais transformações econômicas - reestruturação produtiva, novas tecnologias, rápido desenvolvimento das finanças, desenvolvimento de políticas públicas mais "favoráveis ao mercado", em geral todas incorporadas no conceito de "globalização", acarretam a desindustrialização ou terciarização, além do crescimento da informalidade, dos mercados de trabalho das metrópoles, principalmente dos países desenvolvidos, segundo Sassen (1997), Mingione (1998) e outros. Denominada como a hipótese da "cidade global", essa pressupõe maior polarização das qualificações e rendas nos mercados de trabalho metropolitanos. A metodologia utilizada permitiu reclassificar as ocupações em três grupos (moderno, tradicional articulado ao moderno e o tradicional) e viabilizou o cruzamento desses grupos com os setores de atividade econômica (Dedecca, 1998). Utilizando os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de domicílio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (PNAD/IBGE), foi possível identificar se o processo de terceirização empresarial, bem como o do setor público, acarretaram uma nova composição de mercado de trabalho, agora não mais pautada pela dicotomia moderno/tradicional, ou formal/informal, dada a existência do grupo tradicional articulado produtivamente ao moderno. Os principais resultados obtidos sinalizam que as ocupações industriais nas duas metrópoles não se reduziram, ou seja, essas regiões não passaram por um processo de desindustrialização, e que a terceirização não foi muito significativa no período. Destaca-se, ainda, que o grupo ocupacional moderno se expandiu acima dos demais grupos, indicando uma melhora qualitativa relevante nesses dois mercados de trabalho, com impactos positivos sobre a redução da desigualdade de renda. Por fim, a "modernização" do mercado de trabalho ocorreu mais significativamente no setor de serviços para as duas regiões metropolitanas

Abstract: The main aim of this thesis is to analyze the impacts of the reconfiguration of the economic activities on the labor markets of Belo Horizonte and Salvador metropolitan areas. The analysis is centered on the period from 1995 to 2007. The thesis has a main hypothesis to check: the recent economic transformations, including productive restructuration, new technologies, rapid development of finances and development of public policies favorable to market forces, all embraced in the concept of globalization, which has led to deindustrialization, to a wide process of subcontracting and to the rise of informality in metropolitan labor markets. The thesis investigates thus the so called 'hypothesis of the global city', which supposes the increase in polarization both of skills and incomes in metropolitan labor markets. The employed methodology enables the reclassification of occupations in three main groups: a modern group; a traditional group connected to the modern one; and a traditional group. It also permits the cross of these groups with economic activities sectors. By employing the data from the Amostra de domicílio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (PNAD/IBGE), it is possible to investigate if the process of subcontracting, both in the private enterprises as in the public sectors, has produced a new configuration in the labor market, not based on the dichotomies modern/traditional or formal/informal, but on the traditional groups productively articulated to the modern sector. The main results found in this thesis imply that the level of industrial occupation in the two cities did not decrease. In other words, the two metropolitan regions did not suffer a process of deindustrialization, while the process of subcontracting was not very intense. Another conclusion is that the modern occupation group expanded faster than the two other groups, an indication of a qualitative improvement in the two labor markets, which has positive impacts on the reduction of income inequality. Finally, the thesis shows that, in both metropolitan regions, the labor market modernization took place more intensely in the services sectors
Subject: Mercado de trabalho
Globalização
Regiões metropolitanas - Brasil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_AndreMourthede_D.pdf1.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.