Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285957
Type: TESE
Title: A bovinocultura de corte do estado de Mato Grosso do Sul = evolução e competitividade
Title Alternative: Beef cattle in Mato Grosso do Sul state, Brazil : evolution and competitiveness
Author: Souza, Carolina Barbosa Marques de
Advisor: Buainain, Antônio Márcio, 1954-
Abstract: Resumo: Esta dissertação buscou caracterizar a pecuária de corte do estado de Mato Grosso do Sul e, identificar e discutir os principais fatores responsáveis pelo desenvolvimento desta atividade, que conquistou a posição de maior produtor e abastecedor de carne bovina do país. Logo, direcionou-se o estudo para dois eixos: a evolução da atividade no estado durante as últimas quatro décadas e a compreensão dos fatores que explicam a competitividade revelada da mesma. Neste sentido, o estudo aborda a evolução do rebanho, da produção/produtividade e da renda; sistemas de exploração da atividade; tecnologia em genética, em nutrição e em sanidade animal; infra-estrutura e logística; recursos financeiros; entre outros. Contudo, pode-se dizer que o desempenho positivo está associado a uma série de fatores, entre os quais se destacam: oferta de recursos e insumos (área de pastagens, gado e grãos); modernização dos sistemas produtivos e melhoria tecnológica, em particular o melhoramento genético e nutricional que se traduziram em significativa redução do ciclo de produção e elevação da produtividade medida em kg/ha. Por outro lado, as condições de infra-estrutura e logística, a tributação, o nível de gestão das firmas e os problemas sanitários afetam negativamente a competitividade da pecuária de Mato Grosso do Sul. A heterogeneidade da pecuária, e em particular a importância da atividade na região do Pantanal, subestima muitos dos indicadores gerais e esconde a verdadeira situação da pecuária sul-mato-grossense. Em linhas gerais, pode-se dizer que a pecuária de corte do estado é competitiva quando se considera a produção de ?carne commodity? para o atendimento dos mercados de massa. Porém, a atividade primária não engendrou o adensamento da cadeia produtiva e o estado mantém-se fundamentalmente como produtor da matéria-prima destinada ao consumo imediato ou industrialização e exportação de outros estados. Verificaram-se algumas ações dos produtores no sentido de valorizar a matéria prima, que, no entanto ainda não se traduziram em vantagens efetivas e conquistas de novos mercados

Abstract: This dissertation is an attempt to characterize beef cattle raising production in Mato Grosso do Sul - a state which is currently the largest producer and supplier of beef in the country - and discuss the main factors responsible for its development. The study followed two analytical axes: it traces back the evolution of cattle-raising in the state during the last four decades and it examines the main factors that accounted for its dynamics. The study focuses on the evolution of several indicators such as number of animals, production, productivity and income; it also examines changes in the productions systems and adoption of new technology in particular in genetics, nutrition and animal health; finally, it considers the influence of infrastructure, logistics and financial resources, among others, on the evolution of this cattle raising industry. It concludes that the positive performance is associated with a number of factors, among which are: provision of natural resources and inputs (pasture, livestock and grains), modernization of production systems and introduction of improved technology, particularly breeding and nutritional technology which yielded significant reduction of the production cycle and increase in productivity measured in kg / ha. However, poor infrastructure and logistics, high taxation and limited updated management skills of producers have reduced competitiveness. But the health problem associated with the surge of FMD in the state is the most relevant negative factor downgrading beef production in Mato Grosso do Sul. The study also indicates that the heterogeneity of cattle-raising conditions, and in particular the importance of the activity in the Pantanal region, underestimates many of the general indicators and hides the true situation of livestock in Mato Grosso do Sul. In general, one can say that the state's beef cattle industry is competitive when considering the production of "commodity meat; however, the primary activity have not led to the consolidation of the beef production chain and the state remains fundamentally a producer of raw material for both immediate consumption or processing and export of other states. There have been some actions by producers to add value to raw materials, which however has not translated into effective benefits and achievements of new markets
Subject: Bovino de corte
Mato Grosso do Sul
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_CarolinaBarbosaMarquesde_M.pdf2.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.