Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285942
Type: TESE
Title: Contribuição socioeconômica dos trabalhadores domésticos e suas condições de trabalho = o caso de Gana
Title Alternative: Socioeconomic contributions of domestic workers and their working conditions : the Ghanain situation
Author: Benjamin Sampson, Evelyn
Advisor: Maia, Alexandre Gori, 1972-
Abstract: Resumo: Há uma força de trabalho cuja presença, contribuição e impacto no desenvolvimento socio-econômico não pode ser negado em nenhum lugar do mundo, embora haja pouco ou nenhum reconhecimento. Em função disso, em muitos casos, esses trabalhadores sofrem negligência e condições de trabalho inaceitáveis: os trabalhadores domésticos. Vindos de um background de trabalho familiar não pago e servidão que engloba acompanhamento (de crianças a idosos) e faxina, pessoas que se encontram neste trabalho - normalmente mulheres de famílias pobres - são comumente não consideradas como trabalhadores que merecem tratamento decente e direitos básicos no trabalho como todos os outros trabalhadores. Nas décadas recentes, em países avançados, a participação das mulheres na força de trabalho aumentou em muitas economias. Este período é caracterizado por alterações nos arranjos de trabalho e intensidade de trabalho e o sempre declinante Estado de Bem Estar Social, no qual as provisões do estado considerando serviços sociais estão escassos. A importância dos trabalhadores domésticos em tais circunstâncias - ambos nativos ou migrantes - não pode ser exagerado. De fato, serve como base para muitas economias ao redor do mundo. No entanto, pouco tem sido feito para melhorar e minimizar os desafios que esses trabalhadores enfrentam, como remuneração baixa, falta de proteção social, exploração, discriminação, trabalho infantil, tráfico de seres humanos, desregulação, abuso sexual, entre outros abusos. Gana é um dos países onde o trabalho doméstico é cada vez mais comum e estabelecido, mas não sem os desafios mencionados acima, em especial o trabalho infantil. No contexto de um país em desenvolvimento como Gana, o Estado dificilmente oferece soluções para famílias que permitiria que as pessoas trabalhassem fora de suas casas com tranquilidade. Muito precisa ser feito no intuito de promover condições de trabalho decentes para os trabalhadores domésticos

Abstract: There is a workforce whose presence, contributions and impact on socio-economic development cannot be denied anywhere they are found in the world, in spite of no or little recognition accorded them in several places - domestic workers. In many cases, they suffer neglect and unacceptable working conditions due to lack of adequate recognition of their presence as well as the value of their work to societies and economies. Coming from a background of unpaid family work and servitude that entails care-giving and housekeeping, people who find themselves in this work - often women and from poorer backgrounds - are usually not considered as workers that deserve decent treatment and basic rights at work like all other workers. In recent decades, in advanced and developing countries, women's labor force participation is increasing in many economies. This very period is characterized by changes in work arrangement, intensity of work in the face of ever declining welfare state where provisions of the state concerning care as well as social services are lagging. The importance of domestic workers in such circumstances - both as nationals or migrants- cannot be overemphasized. Indeed, paid domestic work is serving as a backbone to many economies worldwide. Notwithstanding, not much have been done to improve upon challenges they face that include low remunerations, lack of social protection, exploitation, de juro and de facto discrimination, child labor, human trafficking, unregulated agencies, sexual harassment and other abuses. Ghana is one of the countries where domestic employment is increasingly prevalent - but not without challenges such as mentioned above, especially child labor. In the context of a developing country like Ghana, the state hardly provides solutions for household concerns to enable people work outside households in tranquility. This makes domestic workers important partners for development of Ghana. However, a lot needs to be done in order to promote decent working conditions for domestic workers
Subject: Trabalhadores - Gana
Empregados domésticos
Gana - Aspectos econômicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
BenjaminSampson_Evelyn_M.pdf1.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.