Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285908
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Padrões de heterogeneidade estrutural no Brasil
Title Alternative: Patterns of structural heterogeneity in Brazil
Author: Portugal Junior, José Geraldo, 1954-
Advisor: Affonso, Rui de Britto Alvares, 1957-
Abstract: Resumo: O trabalho "Padrões de Heterogeneidade Estrutural no Brasil" procura analisar os problemas do emprego das economias periféricas que se industrializaram com intensidade no pós-guerra, tomando a economia brasileira como caso paradigmático. Os conceitos de "Heterogeneidade Estrutural" e "Subemprego" constituem a base conceitual da pesquisa, desenvolvida no sentido de evidenciar as especificidades da absorção de força de trabalho ao longo da industrialização brasileira. Ou seja, nega que a economia seja uma ciência formada por teorias e conceitos de validade universal e que, portanto, requer desenvolvimentos analíticos específicos para situações específicas. A base conceitual da pesquisa é operacionalizada a partir dos dados dos Censos Demográficos e das PNADs realizados pelo IBGE, procurando mostrar como a heterogeneidade e o subemprego, indicadores da absorção de população economicamente ativa em condições de baixa produtividade do trabalho, perpetuam-se como marcas das transformações da estrutura ocupacional ao longo do tempo, paralelamente à crescente ponderação assumida pela ocupação de elevada produtividade do trabalho. Dividiu-se o período analisado, de 1960 a 2009, de modo a evidenciar as características assumidas pela heterogeneidade estrutural que, ao se transformar ao longo do tempo, altera as formas de sua manifestação concreta e os desenhos e a eficácia das políticas utilizadas no seu enfrentamento

Abstract: The work "Patterns of Structural Heterogeneity in Brazil" analyses the employment problems of the post war industrialization of the peripheral economy, taking the Brazilian experience as a paradigm. The ideas of 'structural heterogeneity' and 'underemployment' form the conceptual framework of the research, turned to show that the absorption of work during the Brazilian industrialization has many peculiarities and differs from that of the developed economies. The work sustains the idea that the theories and concepts of economic science have no universal validity. Consequently, specific situations request for specific analytical efforts. The research works with the IBGE demographic census data showing that the structural heterogeneity and the underemployment, as a sign of the low work productivity of an expressive share of the work force, remain along the changes of the occupational structure of the Brazilian economy despite the growing share of the work force employed by economic activities marked by high levels of work productivity. The work analyses the period between 1960 and 2009 and concludes that the changes of the structural heterogeneity in the long run modify the concrete forms of its manifestation and claims for changes in the policies adopted to reduce it
Subject: Industrialização - Brasil
Subemprego
Emprego
Desenvolvimento econômico
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PORTUGAL JUNIOR, José Geraldo. Padrões de heterogeneidade estrutural no Brasil. 2012. 437 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/285908>. Acesso em: 21 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
PortugalJunior_JoseGeraldo_D.pdf3.74 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.