Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285814
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Investimento direto estrangeiro : reflexões sobre politicas de apoio e seus determinantes
Title Alternative: Foreign direct investment : an analysis of its determinants and policies
Author: Sabbatini, Rodrigo Coelho
Advisor: Laplane, Mariano Francisco, 1953-
Abstract: Resumo: Esta tese investiga o movimento mundial de investimento direto estrangeiro (IDE) que viveu nova onda de expansão na última década do século XX. São analisadas inicialmente as políticas de apoio para a atração destes investimentos, procurando avaliar até que ponto as modificações nestas políticas contribuíram para o movimento de expansão do IDE neste período. Modificações que pretendiam, a um só tempo, liberalizar os fluxos de capital e proteger juridicamente os ativos das empresas transnacionais que se engajavam nestes investimentos. Em seguida, são analisados os fluxos de IDE desde os anos 70, mas com ênfase na década de 90, através de estatísticas descritivas e testes econométricos que procuram identificar a importância de alguns dos determinantes destes fluxos. Os testes foram realizados para um conjunto agregado de países e para frações desagregadas, de países e setores. Os resultados obtidos reafirmam a grande importância de fatores estruturais e geográficos, tais como tamanho do mercado e distância entre os países emissores e receptores, para a atração de IDE. A importância dos determinantes também se altera conforme se desagrega a análise, revelando caráter específico da capacidade estrutural de atração de IDE. Desta forma, investigou-se a tese de que políticas generalizadas de atração de IDE têm uma importância marginal na real capacidade de atrair investimentos para países receptores. O tamanho e o dinamismo do mercado receptor cumprem um papel que não pode ser alterado por nenhuma política isolada de atração, em especial aquelas associada a concessões em acordos de integração econômica. Já políticas seletivas, escalonadas caso a caso, desenhadas para atrair capital para um país ou um setor específico podem ser mais eficazes, sobretudo se fizeram parte de um amplo conjunto de ações integradas para estimular a competitividade nos países receptores. Políticas liberalizantes para atrair IDE seriam menos eficientes do que políticas integradas de promoção de crescimento e de desenvolvimento competitivo dos países receptores que, assim, poderiam, estruturalmente, ampliar sua atratividade para os investimentos diretos estrangeiros

Abstract: This thesis analyzes the flow of foreign direct investments (FDI), which reached its peak in the last decade of the 20th Century. First to be analyzed are the policies to attract such investments, looking to evaluate to which degree the recent revision of these policies contributed to the expansion of the FDI during this period. Revision that intends to decrease barriers to capital flows and to legally protect the actives of the transnational companies that engaged in these investments. Secondly, were analyzed the FDI flows since the 70¿s, emphasizing in the 1990 decade, through descriptive statistics and econometric tests, that aim to identify the determinants of the FDI flows. The tests were made for a group of countries and for both countries and sectors in separated equations. The results obtained re-stated the massive importance of structural and geographical factors, such as market size and distance between export and host countries, to attract the FDI. The magnitude of the determinants also changes as the analysis is applied to individual countries and sectors. As a result, it was possible to investigate the thesis that FDI¿s general attraction policies have marginal importance in the real capacity to attract investments to host countries. The size and dynamics of the host market have a role that cannot be enhanced by any isolated attraction policy, mainly those associated to concessions in international investment agreements. Yet, selective policies, chosen case by case and drawn to attract capital to a country or a specific sector can be more effective, especially if they were part of a wider group of integrated actions to stimulate the competitiveness among host countries. Even more liberal policies to attract FDI would be less efficient than pursue integrated growth and industrial development policies, which, therefore, could structurally enhance their attractiveness to foreign direct investments
Subject: Investimento estrangeiro
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SABBATINI, Rodrigo Coelho. Investimento direto estrangeiro: reflexões sobre politicas de apoio e seus determinantes. 2008. 154p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/285814>. Acesso em: 11 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sabbatini_RodrigoCoelho_D.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.