Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285795
Type: TESE
Title: Integração financeira internacional, fluxos internacionais de capitais e crescimento economico : teoria e evidencia
Title Alternative: International financial integration, international capital flows and economic growth : theory and evidence
Author: Damasceno, Aderbal Oliveira
Advisor: Prates, Daniela Magalhães, 1970-
Abstract: Resumo: O objetivo desta Tese é realizar uma análise crítica da abordagem convencional acerca das relações entre Integração Financeira Internacional, fluxos internacionais de capitais e crescimento econômico nas economias nacionais. Pretende-se responder às seguintes questões: existe consenso relativo aos fundamentos teóricos suficiente para fundamentar a hipótese de que a Integração Financeira Internacional e os fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento econômico? As evidências empíricas corroboram a hipótese de que a Integração Financeira Internacional e os fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento econômico? A análise da literatura teórica, realizada no Capítulo 1, explicita a ausência de consenso teórico e a fragilidade dos fundamentos teóricos quanto à hipótese de que a Integração Financeira Internacional e os fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento econômico. A análise da literatura empírica, realizada no Capítulo 2, mostra que as evidências existentes não são suficientes para corroborarem a hipótese de que a Integração Financeira Internacional e os fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento econômico. Por fim, no Capítulo 3, faz-se uma ampla investigação econométrica acerca das relações entre Integração Financeira Internacional, fluxos internacionais de capitais e crescimento econômico para uma amostra de países representativa da economia global e uma amostra de países em desenvolvimento. As evidências econométricas apresentam um padrão claro: i) não há evidências de que a Integração Financeira Internacional e a importação líquida de capitais estimulam a taxa de convergência condicional; ii) não há evidências de que a Integração Financeira Internacional estimula o crescimento de longo prazo do PIB per capita, mesmo em países com alto nível de desenvolvimento institucional, alto nível de desenvolvimento financeiro, alto nível de abertura comercial e ambiente macroeconômico estável; iii) não há evidências de que fluxos internacionais de capitais estimulam o crescimento de longo prazo do PIB per capita, mesmo em países com alto nível de desenvolvimento institucional, alto nível de desenvolvimento financeiro, alto nível de abertura comercial, alto estoque de capital humano e ambiente macroeconômico estável.

Abstract: The goal of this dissertation is to develop a critical analysis of the conventional approach regarding the relationship between International Financial Integration, International Capital Flows and Economic growth for national economies. The idea is to provide answers to the following questions: is there sufficient consensus relative to theoretical fundaments to sustain the hypothesis that the International Financial Integration and international capital flows stimulate economic growth? Empirical evidence corroborate the hypothesis that International Financial Integration and international capital flows foster economic growth? The theoretical literature analysis developed in Chapter 1 clarifies the absence of a theoretical consensus and the fragility of theoretical fundaments regarding the hypothesis that International Financial Integration and international capital flows foster economic growth. The empirical literature analysis developed in Chapter 2 reveals that the existing evidences are not sufficient to corroborate the hypothesis that International Financial Integration and international capital flows stimulate economic growth. Finally, on Chapter 3 develops a wide econometric investigation on the relationships between International Financial Integration, international capital flows and economic growth for a sample of countries that are representative of the global economy and a sample of developing countries. The econometric evidence reveals a clear pattern: i) there is no evidence that International Financial Integration and net import of capitals foster the conditional convergence rate; ii) there is no evidence that International Financial Integration stimulate the long run per capita GDP growth, even for countries with high levels of institutional and financial development, trade openness and stable macroeconomic environment; iii) there is no evidence that international capital flows stimulate the long run per capita GDP growth, even for countries with high levels of institutional and financial development, trade openness, human capital stock and stable macroeconomic environment.
Subject: Integração econômica internacional
Fluxo de capitais
Desenvolvimento econômico
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Damasceno_AderbalOliveira_D.pdf4.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.