Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285688
Type: TESE
Title: O emprego sem carteira de trabalho no Brasil urbano
Title Alternative: Informal wage-employment in urban Brazil
Author: Correa, Renata Silveira
Abstract: Resumo: Esta dissertação trata de uma das formas de informalidade do trabalho no Brasil: o emprego sem carteira de trabalho assinada. Seu objetivo é examinar o fenômeno da reprodução de empregos ilegais no país, que tem resistido a diminuir mesmo em situações de maior crescimento econômico e de tendência à formalização dos empregos. O estudo faz uma análise das principais mudanças na organização do trabalho e seus impactos sobre o emprego assalariado a partir da abertura da economia na década de 1990, bem como dos principais aspectos da evolução da economia e do mercado de trabalho após a mudança na orientação da política econômica em 1999. Para o período 2002-2008, é examinada em detalhe a evolução do emprego sem carteira e, com base nas especificidades ocupacionais, setoriais e regionais, são identificados os segmentos responsáveis pela reprodução do assalariamento ilegal. Embora o ritmo de expansão do emprego sem carteira tenha reduzido nos anos de maior crescimento econômico e de maior fiscalização do poder público desde 2000, ainda não se pode afirmar que houve uma reversão da utilização do emprego ilegal no país

Abstract: This dissertation deals with one of the forms of informal work in Brazil: the waged employment without a formal contract. Its goal is to examine the phenomenon of informal employment propagation nationwide, that has resisted to retreat even in higher economic climate and bias toward registered employees. It provides an analysis of the major changes in work organization and its impact on waged employment from the internationalization of the economy in the 1990s, as well as the evolution of the economy and the labor market after the shift in economic policy occurred in 1999. For the ages 2002-2008 is examined in detail the evolution of informal waged employment and are identified the segments responsible for the informal employment propagation, based on occupational, sectorial and regional peculiarities. Although the expansion rhythm of informal waged employment has reduced in the higher economic growth and greater public control since 2000, it can not be said that there was a reversal of the use of informal waged employment in Brasil
Subject: Emprego - Brasil
Mercado de trabalho - Brasil
Setor informal (Economia)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correa_RenataSilveira_M.pdf639.84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.