Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285456
Type: TESE
Title: Quando mundos colidem : a imigração confederada para o Brasil (1865-1932)
Title Alternative: When two worlds collide : the confederate immigration to Brazil (1865-1932)
Author: Silva, Célio Antônio Alcântara, 1981-
Advisor: Gonçalves, Jose Ricardo Barbosa, 1953-
Abstract: Resumo: Este estudo teve por objetivo compreender os motivos pelos quais centenas de sulistas emigraram dos EUA para o Brasil a partir do final da Guerra de Secessão, em especial a partir da Reconstrução, em 1867. Argumentamos que o principal fator para a escolha do Brasil como destino incluía a existência de uma estrutura social hierarquizada cuja base residia na escravidão. Entre os principais líderes estavam militares confederados bem como políticos pró-escravidão e seus filhos. Os insucessos e infortúnios nas diferentes colônias confederadas estiveram associados às dificuldades em restabelecer a ligação que possuíam com o circuito mercantil-escravista. A única colônia que prosperou foi aquela localizada em uma região com um dos principais mercados de cativos do Brasil imperial: a colônia de Santa Bárbara, na região de Campinas. Não obstante a historiografia ter negado o papel da escravidão para a constituição da colônia, a análise documental mais detalhada revela-nos a altíssima relevância das relações dos confederados com o circuito mercantil escravista. Enquanto estiveram a ele ligados, as forças centrípetas da colônia eram suficientemente fortes para evitar a dispersão do grupo. É a partir de fins do século XIX, com a abolição da escravidão e a decadência progressiva da agricultura algodoeira que a colônia começa a se desintegrar. Apesar da maioria dos imigrantes e seus descendentes realizarem esforços na substituição do algodão por outro gênero comercial, a cana-de-açúcar, aos poucos a área das fazendas se reduz em função da queda na rentabilidade e das divisões destas quando da partilha da herança. A atividade agrícola dos confederados e descendentes passa então a tender à subsistência, e os membros da colônia se integram de maneira mais efetiva ao meio social circundante. Anos mais tarde, os casamentos entre membros da colônia tornam-se raros. Ao período de integração social segue-se o de dispersão geográfica dos confederados, culminando com sua diluição em meio à população de Santa Bárbara e Americana, cada vez mais marcadas pela presença do imigrante italiano

Abstract: The objective of this study is to understand the reasons for which hundreds of southemers emigrated from USA to Brazil at the end of the American Civil War, especially after the Reconstruction, in 1867. We argued that the main factor for the choice of Brazil as their destiny included the existence of a hierarchical social structure based on slavery. Among their main leaders there were military confederates as well as proslavery politicians and their sons. The failures and misfortunes among the confederate colonies were associated to the difficulties in reestablishing the connection that they possessed with the agrarian slave market circuit. The only colony that prospered was that located within an area with one of the main markets of slaves of imperial Brazil: Santa Bárbara colony, near Campinas. In spite of the denial from the historiography of the role of the slavery for the constitution of the colony, a detailed documental analysis reveals us the high relevance of the confederates' relationships with the agrarian slave market circuit. While they were linked, the cohesive forces of the colony were sufficiently strong to avoid the dispersion of the group. After the end of nineteenth century, with the abolition of the slavery and the progressive decadence of the cotton agriculture, the colony begins dissolving. In spite of most of the immigrants and their descendants to accomplish efforts in the substitution of the cotton for other commercial gender, mostly sugarcane, the area of the farms was reduced in function of the fali in the profitability and divisions of these because of the sharing of inheritances. The agricultural activity of the confederates' and their descendants tended to subsistence, and the members of the colony were effectively integrated to their surrounding social atmosphere. Years later, the marriages among colony members become rare. After this period of social integration, the confederates dispersed geographically, culminating with their dilution amid Americana and Santa Bárbara's population, more and more marked by the presence of the Italian immigrant
Subject: Confederados americanos - Migração
Santa Barbara d'Oeste (SP) - História - 1865-1932
Americana (SP) - História - 1865-1932
Santa Barbara d'Oeste (SP) - Escravidão
Americana (SP) - Escravidão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_CelioAntonioAlcantara_M.pdf50.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.