Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285332
Type: TESE
Title: A representação de inclusão social e digital por meio da música em documentários brasileiros
Title Alternative: Representation of social inclusion an digital through music in Brazilian documentary
Author: Machado, Pâmela de Bortoli, 1987-
Advisor: Akhras, Fábio Nauras
Abstract: Resumo: O vídeo documentário é elemento de mobilização e crítica social uma vez que contextualiza os fatos de um problema social, evidenciado pela valorização dos indivíduos que ilustram suas expectativas, dificuldades e ideais. Buscamos enfatizar nesta dissertação com a análise dos documentários Fala Tu (2003) e L.A.P. A. (2007) a ideia de que a música, no caso o rap, pode ser utilizada na inclusão social quando expressada de forma ideológica, pelo diálogo que representa na maior parte dos conflitos integrantes da vida na periferia. E, ao estabelecer a música como prática de uma identidade cultural, a análise de Insurreição Rítmica (2008) explicita como a música promove a mudança social, ao retratar a transformação promovida por organizações sociais em bairros pobres de Salvador. Em paralelo à inclusão social, a questão da empregabilidade é mensurada a partir da inclusão no mercado da música digital, no uso das novas tecnologias disponíveis e que vêm transformando a prática do músico independente, ao substituir o consumismo do CD por arquivos de áudio intercambiáveis. Tal problemática foi explorada pelos documentários Música.BR e Internet (2009), We.Music (2010) e Profissão: Músico (2011), nos quais se pode compreender como os músicos dependentes de geração de renda por intermédio da música sobrevivem à transformação no mercado musical. A dissertação desenvolve-se a partir de teorias acerca das questões que envolvem esse conjunto de documentários, como conceitos de inclusão social e digital, identidade cultural e revolução digital no mercado musical juntamente com a análise dos mesmos. Assim, discute-se como se desenvolve a representatividade deste conjunto de documentários que explora as problemáticas relacionadas à inclusão social e digital fazendo uso da música e evidenciando o uso do audiovisual como fator de conscientização de realidades que expressam essas problemáticas

Abstract: The video documentary is an element of mobilization and social criticism it contextualizes the facts of a social problem, evidenced by the recovery of individuals who illustrate their expectations, difficulties and ideals. We emphasize in the analysis of Fala Tu (2003) and L.A.P.A (2007) the idea that music, if rap, can be used in social inclusion when expressed in ideological form, by the dialogue that represents for the most part conflicts of the periphery. And, as we set the song as practice of a cultural identity, the analysis of Rhythmic Uprising (2008) explains how music promotes social change, portraying the transformation promoted by social organizations in the slums of Salvador. In parallel to social inclusion, the issue of employability is measured to inclusion in the digital music market, by the use of new technologies available that changed the practice of independent musicians, to replace consumerism of CD for audio files. This issue was explored by the documentaries Música.BR and Internet (2009), We.Music (2010) and Occupation: Musician (2011), in which we understand how musicians that depend on the generation of income from the music survive under the transformation of the music business. Therefore in the development of this dissertation we have explored theories about the issues surrounding this set of documentaries, as concepts of social and digital inclusion, cultural identity and digital revolution in the music business, along with the analysis. Thus, we discuss how the representativeness of this set of documentaries develops exploring the issues related to social inclusion and to the use of digital music, highlighting the use of the audiovisual as a way of raising awareness about realities expressing these problems
Subject: Cinema
Documentário (Cinema)
Inclusão social
Identidade cultural
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Machado_PameladeBortoli_M.pdf3.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.