Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285303
Type: TESE DIGITAL
Title: Representações do feminino no cinema brasileiro de ficção : Mar de rosas, Um céu de estrelas e Trabalhar cansa
Title Alternative: Feminine representations in fiction brazilian cinema : Mar de rosas, Um céu de estrelas and Trabalhar cansa
Author: Araujo, Marcella Grecco de, 1987-
Advisor: Freire, Marcius
Freire, Marcius César Soares
Abstract: Resumo: A presente pesquisa tem por finalidade explorar as relações do cinema com a história a partir das representações do feminino em três filmes brasileiros de ficção. Para tanto, foram escolhidos os longas-metragens Mar de rosas (1977), de Ana Carolina, Um céu de Estrelas (1996), de Tata Amaral e Trabalhar cansa (2011), de Juliana Rojas e Marco Dutra como documentos históricos e como agentes da História. Como vetor principal de nossas análises, estabelecemos paralelos entre uma história do feminismo no Brasil e as exposições do feminino nos filmes em questão. As representações engendradas pelo artefato fílmico sugestionam muito na construção dos estereótipos de gênero e, da mesma forma, influem no sentido de desconstrução desses mesmos estereótipos. Por esse motivo, consideramos os filmes como agentes da História e como documentos históricos. As três obras por nós estudadas foram dirigidas por mulheres; ao destacá-las no contexto da produção nacional dos trinta e quatro anos que separam a primeira da última delas, um dos nossos objetivos foi jogar luz sobre a presença cada vez maior de mulheres na direção dos nossos filmes. Chamar atenção para os nomes das diretoras que participaram e participam da construção do cinema brasileiro é importante para mostrar que também nessa área as conquistas do feminismo foram efetivas, assim como, em lhes dando visibilidade, contribuir para incentivar outras mulheres a se arriscar na direção. Não é difícil constatar que existe pouco material bibliográfico disponível sobre diretoras mulheres em nosso mundo cinematográfico, e isso apesar do número delas ter aumentado significativamente desde a década de 1930, quando tivemos o primeiro longa de ficção com direção feminina. Ademais, os avanços do movimento feminista nos âmbitos social e econômico também se deram na área da cinematografia, haja vista o já citado aumento de diretoras e as mudanças nas representações do feminino como aquelas presentes nos filmes por nós analisados

Abstract: The present research aims to explore the relations between cinema and history starting from the female¿s representations in fiction Brazilian movies. To do so, we took the films Mar de rosas (1977), from Ana Carolina, Um céu de estrelas (1996), from Tata Amaral and Trabalhar cansa (2011), from Juliana Rojas and Marco Dutra as historical documents and as agents of History. As the main vector of our analyzes we have established parallels between one history of feminism in Brazil and the female¿s representations in each movie in question. The representations in movies affect very much the construction of gender stereotypes, similarly, they affect towards desconstructing these stereotypes. For this reason, we took the movies as agents of History and as historical documents. The three films studied by us were directed by women; to highlight them in the context of the national production of the thirty-four years that separate the first of the last one, was one o four goals to throw light on the growing presence of women in the direction of our movies. Calling attention to the names of the directors who participated and participate in the construction of Brazilian cinema is important to show that also in this area the achievements of feminism were effective, as well as in giving them visibility, help to encourage other women to venture in the direction. It is not difficult to note that there is little bibliography available about female directors in the film world, and this despite the number of them have increased significantly since the 1930s, when we had the first feature film with feminine direction. Furthermore, movement advances in the social and economic spheres also were given in the field of cinematography, given the aforementioned increase in directors and changes in the female representations as those present in the films that we studied
Subject: Cinema brasileiro
Feminismo
Cinema - História
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Araujo_MarcellaGreccode_M.pdf1.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.