Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285231
Type: TESE
Title: Particularidades da musicografia braille para o auxílio de novas metodologias de ensino
Title Alternative: Unique aspects of braille music notation for enabling new teaching methodologies
Author: Souza, Rafael Moreira Vanazzi de, 1982-
Advisor: Zattera, Vilson, 1962-
Abstract: Resumo: Este trabalho busca oferecer ferramentas teóricas que possam auxiliar a elaboração de metodologias para o ensino da Musicografia Braille, que pode ser considerado um campo recente, e, por isso, com poucas pesquisas especializadas e muitos relatos de experiência. Observações acerca da relação entre as partituras convencionais, as partituras em braille e seus respectivos leitores são feitas nesta pesquisa, percorrendo fundamentos conceituais, métodos musicais, processo de aprendizagem, a audição das pessoas com deficiência visual e o acesso ao conhecimento teórico-musical aprofundado. Os fundamentos teóricos centrais são baseados em Bonilha e Sloboda, que dão suporte às analises feitas diretamente sobre partituras em raille, que buscam revelar como os desafios de aprendizagem da Musicografia Braille se inter-relacionam na escrita. As análises visam supor os procedimentos lógicos que o leitor das partituras em braille deve realizar para que a leitura seja correta. Os resultados obtidos foram concordantes com os relatos de experiência desse campo, corroborando o caminho tomado nesta pesquisa. A partir desse material, este trabalho propõe classificar entre cinco Graus de Dificuldade as partituras em braille, de acordo com os conceitos que ela contém, assim como apresentar etapas que delineiam o conteúdo que compõe cada Grau de Dificuldade, apontando os conhecimentos ou as habilidades que devem ser assimilados em cada fase do aprendizado da Musicografia Braille. Os resultados desta dissertação objetivam beneficiar professores de música de pessoas com deficiência visual, oferecendo-lhes diretrizes para a elaboração e o planejamentos de aula que incluam o ensino de partituras em braille. Nesse sentido, também se beneficiam os cursos de música, que aqui poderão encontrar fundamentação que os auxilie a remodelar seus métodos, voltando-os ao acolhimento das necessidades de aprendizagem dos músicos leitores de música em braille, e também para que possam elaborar provas de admissão que ofereçam igualdade de condições para as pessoas com e sem deficiência visual

Abstract: This study seeks to provide theoretical tools to helpin developing methodologies for teaching the new field of Braille Music Notation. Despite the limited number of specialized research, several reports of practical experience have been published. The research covers observations on the relationship between conventional scores and braille scores, and how these are read. The studies also present conceptual bases, musical methods, the learning processes, hearing skills of people with visual impairment and the access issues related to in-depth music-theoretical knowledge. The central theoretical foundations,based on Bonilha and Sloboda, support the analysis made directly over sheet music in braille that seek to reveal how the challenges of learning Braille Music Notation relate to learning regular music notation. The analyseses aim to anticipate the logical procedures that braille music scores readers must do in order to achieve a correct reading. The results were in agreement with the experiences reported in this field, corroborating the methodology chosen forthis research. For this purpose braille scores were classified according to five difficulty levels according to the concepts contained in each. Stpes were presentedto delineate the content that composed each difficulty level, indicating the knowledge or skills that must be assimilated at each stage of the Braille Music Notation learning process. The results of this study intends to benefit music teachers for visually impaired persons by providing them guidelines for developing lesson plans that include teaching Braille Music Notation. In this sense, music courses are also benifitted, because this study provides support and motivation enabling remodelling them in order to consider the learning needs of braille scores readers. Furthermore, it provides arguments for the preparation of entrance exams with equal conditions for people with and without visual impairments
Subject: Música - Instrução e estudo
Educação inclusiva
Pessoas com deficiência visual
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_RafaelMoreiraVanazzide_M.pdf3.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.