Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/285184
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: A escuta no processo criativo do Grupo Obra Aberta
Title Alternative: Listening in the creative process of the Grupo Obra Aberta
Author: Uriarte, Lucas Zewe, 1988-
Advisor: Mannis, Jose Augusto, 1958-
Abstract: Resumo: Este trabalho apresenta um estudo acerca do processo criativo do Grupo Obra Aberta, grupo dedicado à música experimental e improvisação do qual faço parte. O objetivo é averiguar como a escuta atenta e analítica agiu no processo criativo do grupo, apontando para os impactos na sua produção. Enquanto metodologia foi empreendido um trabalho prático de criação musical com o Grupo Obra Aberta, pautado por diferentes estratégias de escuta, observado e registrado em formato de áudio e vídeo, e relatado nesta pesquisa. Os relatos são apresentados em ordem cronológica, compreendendo o período de março de 2013 a julho de 2015, tornando possível acompanhar a evolução do grupo ao longo do tempo. Em meio aos relatos nos reportamos aos exemplos musicais, que consistem no resultado do trabalho prático desenvolvido. Ao analisar o processo criativo salientamos as implementações, aquisição de recursos, descobertas e processos de refinamento, avaliando por fim as contribuições da escuta no desenvolvimento do grupo. A dissertação se organiza em três capítulos. O primeiro consiste na apresentação do Grupo Obra Aberta expondo sua formação, integrantes, percurso e a abordagem do grupo em relação ao processo criativo. Apresentamos também neste capítulo o modelo de processo criativo de José Augusto Mannis, do qual tiramos ideias e conceitos aplicados nas análises nos capítulos posteriores. No segundo capítulo, o processo criativo de treze momentos escolhidos por sua importância e diversidade são relatados, em articulação com as principais referências que se relacionam com o trabalho do grupo, principalmente no que diz respeito a escuta. Entre elas destacam-se a escuta reduzida de Schaeffer, o Deep Listening de Pauline Oliveros, o I-son de François Bayle e os conceitos de Knowledge base e referent de Jeff Pressing. Passamos então à discussão onde o impacto da escuta atenta e analítica é avaliada em duas instâncias: no tempo real da ação e na construção de um repertório compartilhado de ações. As considerações finais apontam para a escuta agindo em constantes processos de renovação, construção e ampliação

Abstract: This work presents a study on the creative process of the group Obra Aberta, a group dedicated to experimental music and improvisation to which I am part of. The aim of this project is to investigate how the attentive and analytical listening has acted on the creative process of the group, pointing to its impacts on the group¿s work. The methodological steps comprehends a practical creative work with the group Obra Aberta, guided by different listening strategies, that was observed, registered in audio and video format, and reported on this research. The reports are presented chronologically, from March 2013 to July 2015, making it possible to follow the evolution of the group in this period. On the reports we refer to the musical examples, which are the results of the practical creative work developed. In the analysis of the creative process we highlight the implementations, resource acquisitions, findings and sophistication processes, assessing how listening has contributed to the development of the group. The dissertation is organized in three chapters. The first one introduces the reader to the group Obra Aberta, exposing its foundation, members, and presenting group¿s approach to the creative process. We also present in this chapter the creative process model of Jose Augusto Mannis, which provides ideas and concepts applied in the analysis in later chapters. In the second chapter the creative process of thirteen moments, chosen for their importance and diversity, are reported in conjunction with the main references related to the group's work, especially with regard to listening. Among them we mention Schaeffer¿s proposal of reduced listening, Pauline Oliveros deep listening, the concept of I-son presented by François Bayle and the concepts of Knowledge Base and Referent created by Jeff Pressing. We then proceed to the discussion where the impact of the attentive and analytical listening is evaluated in two instances: in the real-time action, and building of a shared actions repertoire. The conclusions point to the listening acting in constant renewal, construction and expansions processes
Subject: Improvisação (Música)
Musica experimental
Editor: [s.n.]
Citation: URIARTE, Lucas Zewe. A escuta no processo criativo do Grupo Obra Aberta. 2015. 1 recurso online ( 155 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/285184>. Acesso em: 28 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Uriarte_LucasZewe_M.pdf14.86 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.