Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284967
Type: TESE
Title: Que acorde ponho aqui?
Title Alternative: Which chord shoud I use here? : harmony, theoretical practices and study of tonal planes in popular music
Author: Freitas, Sérgio Paulo Ribeiro de
Advisor: Carrasco, Claudiney Rodrigues, 1964-
Abstract: Resumo: Harmonia, práticas teóricas e o estudo de planos tonais em música popular Situando a pergunta central - que acorde ponho aqui? - no âmbito das práticas teóricas da harmonia tonal, o presente estudo examina criticamente algumas respostas possíveis procurando perscrutar diferentes motivações, procedências, contextos, concepções, saberes, argumentos e justificativas que, entremeadas, discordantes e concordantes, animam os discursos e as ações de escolha que dão respostas para perguntas como esta. O tom coloquial da questão abrevia um entrelaçado de tópicos que, com diferentes formulações, ramificações, ênfases e abordagens, são mais ou menos recorrentes nos programas pedagógicos, técnicos, teóricos, analíticos, valorativos e artísticos da nossa disciplina. Deste entrelaçado ganha enfoque mais delimitado aqui uma problemática que pode ser enunciada assim: quais são, onde se encontram, no que se fundamentam as escolhas e como se combinam em sucessão os tons vizinhos (áreas tonais, regiões, tonalidades) e acordes principais que, propositadamente dispostos em média e larga escala, referenciando a concordância dos acordes coadjuvantes (meios de preparação) e demais alturas (notas adjacentes, tensões, escalas, modos, etc.), contribuem na efetivação das "funções estruturais" (relações entre a função harmônica e a incumbência formal dos segmentos) numa obra musical harmônica e tonal? A proposição que acompanha esta delimitação é a de que, a arte e ofício de escolher e combinar acordes em planos tonais, em diversas e controversas medidas e das mais variadas maneiras, não se aparta das práticas teóricas que intentam balizar tal conhecimento e competência. E essas relações dinâmicas de vinculação e desvinculação entre os feitos e fazeres da harmonia e os feitos e fazeres da sua teoria são observadas aqui como uma espécie de principal questão transversal. Os Capítulos 1 a 6 cuidam da revisão, da contextualização, do levantamento e cruzamento circunstanciado de referências, do repertório e da memória teórica e poética, do questionamento e discussão a respeito de determinadas abordagens interpretativas sobre assuntos como: os fundamentos diatônicos da tonalidade, a atribuição funcional dos acordes e áreas tonais, a inclusão teórico-normativa de acordes não diatônicos, os meios de preparação alterados e as vizinhanças de terceira que envolvem transformações cromáticas. Os Capítulos 7 e 8 propõem e avaliam um modelo pré-analítico para o estudo comparado de planos tonais complexos. Trata-se de um ferramental para-musical voltado para a experimentação, produção, análise e crítica que visa favorecer a macro-confrontação dos lugares de chegada dispostos em obras tonais que, no cenário da música popular "tortuosa", alcançam seus efeitos contando com a mistura de determinados diatonismos

Abstract: Harmony, theoretical practices and the study of tonal planes in popular music Examining the core question - which chord should I use here? - within the context of theoretical practices of tonal harmony, this study critically examines some potential answers attempting to explore different motivations, origins, contexts, conceptions, knowledge, arguments and justifications that, when intermixed, both discordant and accordant, stimulate argumentation and choice?making to answer these types of questions. The colloquial tone of the issue at hand reveals a web of intertwining topics with different formulations, branches, emphases, and approaches that are somewhat recurrent in the pedagogical, technical, theoretical, analytical, evaluative, and artistic areas of the discipline. From this web structure, the problem takes on a more bounded focus which might be described as follows: what are the possible choices, where are they, and on what criteria are they based, and how are related tonalities (tonal areas, regions) and main chords arranged in succession, which, purposely arranged in mean and large scale and referencing the accordance of the adjunct chords (means of preparation) and other pitches (adjacent notes, tensions, scales, modes, etc.), contribute to the execution of "structural functions" (relationships between harmonic function and the formal role of the segments) in a harmonic and tonal piece of music? The proposition accompanying this delineation is such that the art and the task of choosing and arranging chords in tonal planes in several conflicting measures and in the most varied forms does not depart from theoretical practices that attempt to define such knowledge and competence. These dynamic relationships of binding and unbinding between acts and actions of harmony and acts and actions according to the theory are considered a central issue. Chapters 1 through 6 deal with review, contextualization, identification, and detailed comparison of references; repertoire and theoretical and poetic memory; questioning and discussion regarding certain interpretative approaches on such subjects as: the diatonic basis of tonality, the functional attribution of chords and tonal areas, the inclusion of theoretical?normative non?diatonic chords, the altered means of preparation and third relations that involve chromatic transformations. Chapters 7 and 8 propose and evaluate a pre-analytical model for the comparative study of complex tonal planes. This deals with a para-musical tool aimed at experimentation, production, analysis, and review, which attempts to support the macro confrontation of final locations arranged in tonal works that, within the context of "tortuous" popular music, achieve their results by mixing certain diatonicisms
Subject: Harmonia (Música)
Teoria musical
Música - Análise, apreciação
Critica musical
Música popular
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freitas_SergioPauloRibeirode_D.pdf97.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.