Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284947
Type: TESE
Title: A dança na Corte e os Balés nas Óperas de Portugal no século XVIII = aspectos da presença de elementos franceses no ambiente cultural português
Title Alternative: Dance at the Court and Ballets at the Opera in Eightheen century Portugal : French elements in the Portuguese Cultural Ambience
Author: Aranha, Raquel da Silva, 1975-
Advisor: Kuhl, Paulo Mugayar, 1965-
Abstract: Resumo: O modelo francês nas artes disseminou-se por toda a Europa no século XVIII, graças ao poder político representado pela figura de Luis XIV. Essa influência foi absorvida tanto na educação da nobreza quanto nos espetáculos assistidos por ela. No primeiro caso, no que diz respeito à dança, através da tradução de tratados usados para o treinamento dos bons modos do nobre - notadamente o tratado de Pierre Rameau Le Mâitre à danser (Paris, 1725). No segundo, na realização de balés nas óperas - característica do gênero de espetáculo francês - que estimulou na França e na Itália o desenvolvimento de uma literatura especializada sobre as relações entre música, teatro e dança. Seguindo o modelo francês, foram publicados em Portugal três tratados que se remetam à dança cortesã (Cabreira, 1760, Pantezze, 1761 e Bonem, 1767), bem como foram incluídos balés nas Óperas de então, coreografados por nomes importantes como François Sauveterre (antecessor de François Noverre na corte de Stuttgart), Antonio Marrafa, Carlo Bencini, Luigi Chiaveri, Alessandro Zucchelli, Pedro Pieroni, Luiz Chiavre (discípulos de Noverre), Pietro Angiolini e Gaetano Gioja (coreógrafos do balé pré-romântico). O presente trabalho pretende demonstrar a presença de elementos franceses nos ambientes culturais portugueses no século XVIII nos quais a dança realizava um papel importante tanto como expressão dos códigos cortesãos (no ambiente privado e semi-privado), quanto como co-participante dos espetáculos operísticos em que se revela como um dos principais focos de discussão sobre a transformação da ópera. Pretende contextualizar e caracterizar a presença dos balés nas óperas realizadas em Portugal no século XVIII, revelando uma trama complexa de influências francesas e italianas quanto ao tratamento da dança no espetáculo dramático cujo modelo é o italiano, e de que forma esses aspectos fizeram parte da evolução desse gênero em Portugal. Para tanto foram pesquisadas fontes primárias - tratados sobre a temática da dança cortesã publicados tanto em Portugal como fora deste, bem como da dança teatral ligada à ópera (incluindo-se tratados técnicos e reflexões teóricas dos críticos que analisavam as transformações do espetáculo operístico) -, e fontes secundárias (estudos atuais, esparsos mas fundamentais para esta pesquisa, especialmente os autores Guimarães e Hansell). Palavras-chaves: Dança Cortesã; Dança Teatral; Ópera; Portugal; Século XVIII

Abstract: The French model for the arts was spread all over Europe during the Eighteen century, due to the political power that Louis the XIV exerted. This influence has touched the education of the nobility as much as the spectacles noblemen attended. In the former, relating to the dance, it happened through the publication and translation of treatises used to train the nobles - specially the book of Pierre Rameau Le Mâitre à danser (Paris, 1725). In the latter, we can note French influence in the execution of ballet in Operas - a feature of the French approach at the genre - which stimulated, in France and Italy, the development of a special literature concerned with the relations between music, plays and dance. In Portugal, three treatises about the court dance following the French model were published (Cabreira, 1760, Pantezze, 1761 and Bonem, 1767), and also many ballets were included in the operas performed in the country. The ballets were signed by renowned choreographers, such as François Sauveterre (he preceded François Noverre at the Stuttgart court), Antonio Marrafa, Carlo Bencini, Luigi Chiaveri, Alessandro Zucchelli, Pedro Pieroni, Luiz Chiavre (pupils of Noverre), Pietro Angiolini and Gaetano Gioja (choreographers of the preromantic ballet). This dissertation has the purpose of showing the influence of French cultural elements on the Portuguese cultural milieu throughout the 18th-century, in which dance played an important role as a way to express court codes (in private and semi-private environment), as much as a co-participant in operatic performances, where it becomes one of the main focus in the discussion concerning changes in opera. This research aims to give context to and to typify the ballets performed in operas in 18th-century Portugal, revealing the complexity of the connections of French and Italian influences. It aims as well to explain how these features took part in the evolution of the dramatic genre in Portugal. The research was based on primary sources - treatises on court dance published in Portugal and abroad, as well as on documents concerning theatrical dance related to opera (including technical dance treatises and theoretical reflections of philosophers that analysed changes in operatic spectacles) -, and secondary sources
Subject: Dança
Teatro
Opera
Portugal - Corte e cortesãos
Portugal - Séc. XVIII
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Aranha_RaqueldaSilva_M.pdf30.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.