Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284607
Type: TESE DIGITAL
Title: Academia do choro : performance e fazer musical na roda
Title Alternative: Academia do choro : performance and music making on the roda
Author: Bertho, Renan Moretti, 1986-
Advisor: Nogueira, Lenita Waldige Mendes, 1956-
Abstract: Resumo: Rodas de choro são espaços destinados à performance musical onde o choro é (e sempre foi) praticado. Tiveram início no Rio de Janeiro, no final do século XIX, e se expandiram gradativamente. Atualmente manifestações dessa natureza são realizadas em diversos estados do Brasil e em outros países. Este trabalho é sobre a performance e o fazer musical de uma roda de choro que acontece quinzenalmente na cidade de São Carlos, interior de São Paulo. Participo desta prática como flautista desde 2011 e pouco a pouco surgiram as seguintes inquietações: Por que músicos profissionais e amadores de variadas idades, mas sobretudo jovens, se encontram quinzenalmente em um bar para tocar choro? Quais são as características, as condutas e os códigos que regem este fazer musical? Como mapear a performance da roda e compreender de que maneira os músicos participam? Para tratar destas questões optei pelo uso da etnomusicologia como método na construção dos dados e como suporte teórico e epistemológico na reflexão sobre os mesmos. Ao longo da pesquisa foram produzidas fotografias e vídeos, resultados tanto da minha vivência musical quanto do meu olhar enquanto pesquisador. Assim, apresento como resultado uma descrição etnográfica com intuito de compreender como as pessoas fazem música em um determinado espaço

Abstract: Rodas de choro are spaces for musical performance where choro is (and always was) practiced. It began at Rio de Janeiro, in the late nineteenth century and expanded gradually. Currently manifestations of this nature are conducted in several states of Brazil and other countries. This work is about performance and music making of a roda de choro that happens every two weeks in the city of São Carlos, São Paulo. Participate in this practice as a flute player since 2011 and gradually emerged the following questions: Why professional and amateur musicians of various ages, but especially young people, meet every two weeks in a bar to play choro? What are the characteristics, behaviors and codes governing this music making? How to map the roda¿s performance and understand how the musicians participate? To answer these issues I chose by the use of ethnomusicology as a method in the construction of data and as theoretical and epistemological support reflection. During this research were produced photos and videos, results so much of my musical experience as my look on as a researcher. So, present as results an ethnographic description seeking to understand how people make music in a given space
Subject: Roda de choro
Etnomusicologia
Etnologia
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bertho_RenanMoretti_M.pdf4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.