Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284551
Type: TESE
Title: O Festival do Folclore de Olímpia, São Paulo : uma festa imodesta
Title Alternative: Olímpia's Folklore Festival, São Paulo : an immodest party
Author: Reis, Estêvão Amaro dos, 1971-
Advisor: Nogueira, Lenita Waldige Mendes, 1956-
Abstract: Resumo: O Festival do Folclore de Olímpia - São Paulo (FEFOL) o maior evento do gênero no país, completou em 2011 quarenta e sete anos de existência. Em seu espaço são encontradas manifestações folclóricas ou tradicionais de todas as regiões brasileiras. A partir do pressuposto de que para alguns grupos folclóricos o FEFOL tornou-se o principal espaço de realização das suas atividades e considerando que o deslocamento dos seus locais de origem para outro espaço geográfico e social provoca transformações nas suas práticas, o presente trabalho investiga a relação entre estas manifestações e o novo contexto em que estão inseridas. A pesquisa realizada busca conhecer e compreender quais os motivos que levam os grupos a percorrer centenas de quilômetros todos os anos para participar do FEFOL, a influência do Festival do Folclore de Olímpia nesse processo e suas implicações para os ritos e para os integrantes destes grupos. O trabalho dedicou especial atenção aos grupos Batalhão de Bacamarteiros de Carmópolis (Sergipe), Terno de Congo Chambá (Minas Gerais), Terno de Congada Chapéu de Fitas (São Paulo) e o grupo Sabor Marajoara (Pará) e foram utilizadas, ao lado da bibliografia existente, entrevistas semi-estruturadas com os integrantes dos grupos e organizadores do FEFOL em épocas distintas, bem como o material audiovisual produzido em trabalho de campo e pelo próprio Festival

Abstract: Olímpia's Folklore Festival - São Paulo [Festival do Folclore de Olímpia (FEFOL)], the largest event of its kind in the country, completed forty-seven years of existence in 2011. Folkloric or traditional expressions from all regions of Brazil can be found there. Starting from the assumption that FEFOL became the main place for some folk groups to carry out their activities and considering that the displacements from their original places to another geographic and social area causes changes in their practices, this work investigates the relationship between these expressions and their new insertion context. This research intends to get to know and understand the reasons why those groups travel hundreds of miles every year to participate in the FEFOL, the Festival's influence in this process and its implications for the rites and the members of these groups. A special attention was dedicated to the groups "Batalhão de Bacamarteiros de Carmópolis" (from Sergipe), "Terno de Congo Chambá" (from Minas Gerais), "Terno de Congada Chapéu de Fitas" (from São Paulo) and the group "Sabor Marajoara" (from Pará); alongside the existing bibliography, semi-structured interviews with group members and with FEFOL's organizers at different moments were used, as well as audiovisual material produced in the field research and by the Festival
Subject: Música
Folclore
Cultura popular
Tradição oral
Festivais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Reis_EstevaoAmarodos_M.pdf35.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.