Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284413
Type: TESE
Title: Alphonsus de Guimaraens = reconstruções da memória e recriações no corpo
Title Alternative: Alphonsus de Guimaraens : reconstructions of memory and recriations within the body
Author: Hirson, Raquel Scotti
Advisor: Sperber, Suzi Frankl, 1939-
Abstract: Resumo: "Alphonsus de Guimaraens: Reconstruções da Memória e Recriações no Corpo" é uma pesquisa que engloba memória e atuação como alimentos para uma escrita que possa adentrar em um campo de sensações que, embora não possa traduzir, pelo menos toque em pontos semelhantes ao da efemeridade da experiência cênica. O texto, portanto, é o resultado da maneira que encontrei de exprimir as recriações - experimentadas no corpo - das memórias pessoais que me conectam ao meu bisavô, o poeta simbolista mineiro Alphonsus de Guimaraens (1870-1921). A tese escrita é um exercício de criação tanto quanto o é a prática em sala de trabalho. Através da poesia cheguei ao homem e, então, à curiosidade de saber quem foi esse homem capaz de poetar, em meio à monotonia de seus longos dias provincianos. No decorrer da pesquisa, percebi que a fantasia seria elemento fundamental para a recriação dessa memória e para a criação de uma dança cheia de imagens, em um devir outro, próprio do trabalho do ator. A apreensão do sentido de singularidade cultivado na trajetória de vinte e seis anos do Lume, dos quais eu tenho acompanhado dezoito de dentro (como membro integrante e em atividades de criação e pesquisa), foi tomada ao "pé da letra" neste trabalho - foi o que o impulsionou e o tem mantido em intensidade. Houve necessidade de um mergulho solitário, porém conectado com a prática de dezoito anos de descobertas coletivas. O que é novo é a constelação de fatores que compõem a especificidade desta pesquisa, mas a experiência vem de anos. A repetição potencializa a diferença e é capaz de gerar novas nuances, sustentadas, construídas e compostas de vários elementos. Desta forma, revisito a metodologia da mímesis corpórea e adentro em uma questão diferencial, a mímesis da palavra como possibilidade de preenchimento de espaços. A palavra em ação pode conter todas as dimensões das conexões de imagens que detona e, ainda, as dimensões do corpo, jogando Alphonsus de Guimaraens: Reconstruções da Memória e Recriações no Corpo com espaço e tempo. A junção dos elementos escolhidos para a pesquisa torna possível a estruturação de metodologias e caminhos de codificação e criação

Abstract: "Alphonsus de Guimaraens: Reconstructions of Memory and Recreations within the Body" is a survey that includes memory and performance as sources for a text able to enter in a field of sensations, which it may not be able to translate, but may at least touch some points similar to the ephemeral scenic experience. The text is therefore the result of the way I found to express recreations - experienced in the body - of personal memories that connect me to my great-grandfather, the symbolist poet Alphonsus de Guimaraens (1870-1921). The written thesis is an exercise in creation, as much as the praxis in the staging room. Through poetry I arrived at the man, thus, at the curiosity to know who this man was, able to write poetry amid the monotony of his long provincial days. During the research, I realized that fantasy would be fundamental to recreate that memory and to create a dance full of images, in a different becoming, inherent to the actor's work. The seizure of a sense of uniqueness, cultivated along the trajectory of twenty-six years by Lume, eighteen of which I myself have followed from within (as an active member, creating and researching), was taken at "face value" in this task - which maintained Lume and promoted its intensity. A kind of individual submersion was needed, but connected with the practice of eighteen years of collective discoveries. New is the constellation of factors that make up this specific research, but my experience was built up along many years. Repetition enhances the difference and is able to generate new nuances, sustained, constructed and composed of various elements. Thus, I revisit the methodology of corporeal mimesis and penetrate into a different issue, mimesis of the word as the possibility of filling empty spaces. An active word can contain all the dimensions of the connections of the images it generates, as well as the dimensions of the body, playing with space and time. The Alphonsus de Guimaraens: Reconstruções da Memória e Recriações no Corpo combination of elements chosen for the survey makes it possible to structure methodologies and ways of coding and creation
Subject: Guimaraens, Alphonsus de, 1870-1921
Mimese na arte
Teatro - Pesquisa
Memória
Representação teatral
Poesia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Hirson_RaquelScotti_D.pdf2.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.