Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284353
Type: TESE
Title: A mascara e a formação do ator
Author: Lopes, Elizabeth Pereira, 1949-
Advisor: Meyer, Marlyse Madeleine, 1924-
Abstract: Resumo: Este trabalho consiste numa descrição e avaliação de eficácia da máscara na formação de atores. Começando pelo conceito da máscara através dos tempos,percorro o significado que ela possui nas culturas tradicionais que a utilizam em seus diversos rituais, para, com isso, poder demonstrar a aproximação entre o que ocorre nessas culturas tradicionais e o que acontece quando a máscara é utilizada em sala de aula ou em processo de ensaio de montagens teatrais. o componente mais freqüente que aparece na da máscara é um estado próximo ao transe e possessão. Utilização Relatos de antropólogos e estudiosos do assunto nosmostram o aspecto ritualistico que envolve a sua manipulação, resultando numa mudança de comportamento humano, seja na sua confecção, seja no seu significado mais amplo a Máscara com Maiúsculo = binômio máscara (objeto concreto) + portador.Passando pelo histórico da descoberta da Máscara como uma ferramenta a ser utilizada para a formação de atores para o teatro não mascarado, traçamos a trajetória de Jacques Copeau,diretor de teatro francês, que inventou esse método, na França e m 1920

Abstract: This work comprises a description and evaluation of the effectiveness of the mask with the training of actors. Starting with the concept of the mask along the time, its meaning is followed in traditional cultures that used these in their several rituals, in order to encounter an approach therewith to what happens when the mask is used in a classroom and in a rehearsal process of theatre arrangements. The component which most frequently appears with the use of the mask is a state near to a trance and possession.Reports from anthropologlsts and frbm those whomade a study of the subject showed usthe ritualistic aspect that involves handling thereof resulting into a change of human behaviour, when making it as well as its widest meaning ? the Mask with capital letter M = the binomial mask (concrete object) + user. Passing through the history of the discovery of the Mask as a tool to be used with training of actors for the non masked theatre, we trace the path of Jacques Copeau, director of the French theatre who invented this method in France in 1920
Subject: Máscaras
Teatro de mascaras
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1990
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lopes_ElizabethPereira_D.pdf19.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.