Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284266
Type: TESE
Title: Verde e amarelo em preto e branco : as impressões do choro no piano brasileiro
Author: Almeida, Alexandre Zamith, 1972-
Advisor: Martin, Mauricy Matos, 1955-
Abstract: Resumo: Esta dissertação aborda as relações entre o choro e o repertório pianístico brasileiro, através de um enfoque analítico sobre aspectos históricos e musicais referentes tanto ao choro quanto ao piano brasileiro. Partindo das origens da música brasileira, este trabalho reconhece, inicialmente, os diversos eventos que contribuíram para o surgimento e desenvolvimento do choro, abordando assuntos como a chegada das danças européias aos salões brasileiros, a formação de gêneros musicais nacionais como o maxixe e o tango brasileiro, o aparecimento dos primeiros grupos de choro e a definição de seu instrumental típico, o perfil social e musical dos primeiros chorões e a consolidação do que hoje reconhecemos como grupo regional. A estreita relação entre o choro e o piano é analisada através do entendimento de aspectos referentes ao citado instrumento e, ao mesmo tempo, decisivos no desenvolvimento não só do choro, mas de toda a música brasileira. São estes aspectos a popularidade que o piano gozou na cidade do Rio de Janeiro da segunda metade do século XIX à terceira década do século XX, o alto teor social que o instrumento - ao ser tratado como importante meio tanto de entretenimento quanto de afirmação sócio-econômica - assumiu, a importância do piano na divulgação e comercialização de obras musicais e, enfim, a tradição dos chamados pianeiros e seu posicionamento no desenvolvimento da música popular brasileira. Em seu capítulo final, esta dissertação busca reconhecer e, acima de tudo, demonstrar - através de diversos exemplos musicais extraídos do repertório pianístico brasileiro - as principais constâncias musicais do choro transpostas para o piano. Para tanto, tais constâncias foram organizadas em quatro itens - Melodia, Harmonia, Baixos e Ritmo - e demonstradas através de exemplos nos quais pode-se ter uma mostra dos recursos utilizados pelos compositorespara imprimir o espírito musical chorão em peças para piano. Com base nestes recursos, realizamos - como resultado final deste trabalho - o arranjo de dois consagrados choros de Pixinguinha: Desprezado e Um a Zero. A partir de partituras que definem apenas a linha melódica e suas respectivas cifras harmônicas, estes choros foram transcritos para a formação de piano a 4 mãos, refletindo assim diversos elementos repertoriados neste capítulo

Abstract: Not informed.
Subject: Musica para piano
Música popular - Brasil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Almeida_AlexandreZamith_M.pdf6.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.