Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/284108
Type: TESE
Title: A superficie, o objeto e a materia
Title Alternative: The surface, the object and the substance
Author: Santos, Marcio Elias
Advisor: Weiss, Luise, 1953-
Abstract: Resumo: O que originou esta pesquisa talvez tenha sido um certo incômodo, uma situação de desconforto. Situação que não tem outra causa senão a pergunta: é possível pintar? Se é, como? Vejo a pintura como possível por ser um meio expressivo necessário que, como tantos outros, possui problematizações e questionamentos próprios. Depois de tantas sentenças de morte e ondas de ressurgimento, atreladas a circunstâncias históricas, a pintura retornou ao status de médium, de meio para se chegar a algo. Partindo desse princípio, decidi observar como a pintura é feita e como poderia ser feita. O objetivo desta pesquisa é compreender um pouco melhor a pintura, não como fenômeno, mas como experiência, como campo de possibilidades onde se fazem escolhas. Para isso, pretendo utilizar o meu trabalho de pintura a encáustica, analisando o seu desenvolvimento e pontuando as escolhas feitas durante o seu próprio processo prático. As observações e reflexões registradas neste texto estão, de certa forma, submetidas ao trabalho prático, que as precede. Essas observações tentam registrar o processo de criação artística como uma forma de produção do conhecimento, o qual possui um tempo próprio, uma fala própria. O trabalho resultará em uma exposição, uma ocupação física de um espaço, durante um determinado tempo. E, somando-se a isso, o texto indica alguns pontos que julgo importantes na compreensão do seu processo de criação, definindo alguns marcos no desenvolvimento do trabalho, e propõe uma reflexão sobre as escolhas feitas e os sentidos possíveis.

Abstract: What originated this research was maybe a certain disturbance, an uncomfortable situation. Situation that has no other cause but the question: is it possible to paint? If it is, how is it possible? I see painting as a necessary expressive means, and such as other means, it has its own issues and questionings. After a few death sentences and rebirths, attached to historical circumstances, painting has returned to the medium status, a means to get to something. Starting from this principle, I decided to observe how the painting is made and how it can be made. The objective of this research is to comprehend painting better. To comprehend it not as a phenomenon, but as an experience, as a field of possibilities where choices are made. To show that, I intent to use my encaustic painting work, analyzing its development and pointing out the choices made during its own practical process. The observations and reflections registered in this text are in a certain way submitted to the practical work, which precedes them. These observations try to register the process of artistic creation as a way of producing knowledge, which has its own timing, its own language. The work will turn into an exhibition, a physical occupation of a space, during certain time. And adding to that, the text indicates some points that I consider important to the understanding of its creation process, defining some steps in the development of the work, and proposes a reflection on the choices made and its possible senses.
Subject: Artes plásticas
Pintura
Pintura encaustica
Objetos de arte
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_MarcioElias_M.pdf5.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.