Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283997
Type: TESE
Title: Percussão e interatividade PRISMA : um modelo de esçao instrumento auto-organizado
Title Alternative: Percussion and interactivity PRISMA : a model of a self-organized instrument-space
Author: Traldi, Cesar Adriano
Advisor: Manzolli, Jônatas, 1961-
Abstract: Resumo: O desenvolvimento tecnológico contemporâneo potencializa a criação de modelos com o objetivo de estudar as possíveis correlações entre os estímulos e as sensações sonoras, visuais e espaciais. Muitos compositores já têm criado processos composicionais explorando estas dimensões, mas isso ainda é incipiente no desenvolvimento de uma nova postura interpretativa de instrumentistas que, normalmente, se apegam somente à especialização virtuosística e, muitas vezes, levando a uma dissociação entre música e outras linguagens artísticas. Assim, partimos do princípio que é possível descrever e estudar a estrutura de uma composição musical através de uma visão sistêmica como um processo no qual agentes desempenham diferentes funções dentro de um sistema. Refletimos sobre o conceito de auto-organização que é vinculado à possibilidade de emergência de padrões e regularidades que ocorrem nas relações estabelecidas entre os agentes de um sistema. O conceito de que a estrutura musical pode ser descrita como um sistema complexo é diretamente empregado no modelo desenvolvido nesta pesquisa. Para estudá-lo criamos um ambiente interativo computacional denominado PRISMA. A proposta conceitual do projeto é que os agentes do sistema se auto-organizam quando desenvolvem um comportamento interativo que molda e dirige suas ações em tempo real e que os influencia mutuamente. Verificamos como uma instalação criada a partir do conceito de auto-organização potencializa o desenvolvimento de uma nova postura interpretativa, o surgimento de organizações sonoras emergentes e, finalmente, a função da improvisação como veículo mediador de expectativas sonoras.

Abstract: The contemporary development in technology makes it possible to create models for studying the correlations between stimuli and auditory, visual and spatial sensations. Numerous composers have already created compositional processes to explore these dimensions, but this is still incipient in the context of theoretical studies in music performance. Performers normally adhere only to a superb specialization, and often, to the dissociation of music and other artistic forms. Thus, we assume that it is possible to describe and study the structure of a musical composition taken Systems Theory view. It is possible to understand music as a process in which different agents play different roles within a system. Here we study self-organization, that describes emergent properties in complex system and it is established among the information agents of a system. The concept that musical structure is a complex system is directly employed in the model developed in this research. For this purpose, we have created a computer-based interactive environment called PRISMA. The conceptual proposal of the project is that agents of the system will be self-organized when they develop a complex interactive process, shaping and directing their actions in real time, influencing and being influenced by other agents. Our study observed not only how the installation based on the concept of self-organization affords the development of performance studies, but also the creation of complex sound organizations, as well as the role of improvisation as mediator of sound expectations.
Subject: Interação
Percussão
Interfaces (Computador)
Eletronico - Instrumentos
Auto-organização
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Traldi_CesarAdriano_D.pdf8.93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.