Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283971
Type: TESE
Title: Tem um vidro sob minha pele = cultura e cinema: a construção de uma poética fílmica do corpo anoréxico
Title Alternative: Glass under my skin : culture and cinema : the construction of a filmic poetics of the anorexic body
Author: Passoni, Moara Rossetto
Advisor: Freire, Marcius
Freire, Marcius Cesar Soares, 1949-
Abstract: Resumo: A dissertação recorta a anorexia como um problema a ser estudado a partir do lugar da experiência do corpo anoréxico em oposição ao espetáculo que os meios de comunicação usualmente constroem a partir dele. Ao mesmo tempo, toda esta especulação deriva do processo de produção de um documentário que busca converter esta experiência em película. Pensar como se dá a construção de um corpo anoréxico na contempo-raneidade é indissociável de pensar como este "homem contemporâneo" pensa e inscreve seu corpo em uma série de práticas. Então, que civilização é possível descobrir a partir desse corpo? Onde nele está gravada a sociedade que torna possível a anorexia e a faz proliferar (sem que consigamos responder ao enigma que ela representa)? Afinal, falamos da intimidade de um corpo, mas também de uma época, especialmente caracterizada pelo sofrimento associado ao gozo, pela restrição em meio à abundância, pelo flerte com a morte e o trágico. No entanto, há uma questão central para que investiguemos o corpo anoréxico pelo cinema: se na anorexia tudo está no corpo, o cinema é, para nós, também uma investigação do corpo. Dessa forma, o delineamento de uma leitura sobre o lugar em que a anorexia constrói seu sentido no interior da sociedade contemporânea é tomado como um conjunto de questões lançadas ao universo do documentário. E o cinema por nós considerado não é apenas um modo de apresentar uma investigação, mas também cria poeticamente as próprias ferramentas dessa investigação. Isso porque o corpo, e em particular o corpo da anoréxica, é por nós apreendido como "linguagem cinematográfica". Mais que explicar a anorexia de um ponto de vista externo, o objetivo é entender qual é essa linguagem própria da anorexia, sua poética, investigando e filmando a forma da anorexia, sua maneira própria de falar ao mundo.

Abstract: The dissertation frames anorexia as a problem to be studied from the perspective of the experience of the anorexic body, as opposed to the spectacle mass-media has built upon its image. At the same time, all the research's speculation derives from the process of producing a documentary that seeks to convert this experience on film. While thinking about the construction of an anorexic body in contemporary times it is necessary to consider how contemporary society views and inserts the body into a variety of different practices and contexts. So, which civilization can we find out from this body? Where in this body is this society that allows and multiplies anorexia (without being able to answer the riddle that it represents)? After all we are talking about the intimacy of a body, but also of a time in history, especially characterized by suffering associated to pleasure, by restraint in the midst of abundance, by flirting with death and the tragic. Nevertheless there is a central question in the investigation of the anorexic body through cinema: if in anorexia everything is in the body, cinema is, to us, also an investigation of the body. Thus, the study of the place in which anorexia builds its sense in the interior of contemporary society is reflected, all the time, as a series of questions raised in the universe of the documentary. Furthermore, the cinema considered by us is not only a form of presenting an investigation; it creates poetically the proper tools for such investigation. This is so for the reason that the body, and particularly the body of the anorexic, is taken by us as "cinematographic language". Rather than explaining anorexia from an external point of view our objective is to understand the proper language of anorexia, its poetics, investigating and filming the form of anorexia, its own way of expressing itself to the world.
Subject: Anorexia
Corpo
Cultura
Poética
Documentário (Cinema)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Passoni_MoaraRossetto_M.pdf5.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.