Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283948
Type: TESE
Title: Anselm Kiefer = paisagem, memória e ruínas nas megalópolis
Title Alternative: Anselm Kiefer : landscape, memory and ruins in the "megalópolis"
Author: Piva, Márcia Helena Girardi
Advisor: Marcondes, Maria Jose de Azevedo, 1953-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa teve por objetivo analisar a série de obras do artista plástico Anselm Kiefer, produzidas a partir da visita ao Brasil no ano de 1987, na qual as vistas aéreas da paisagem urbana de São Paulo tornaram-se elemento propulsor. O registro em fotos, sobre a metrópole brasileira, transformou-se em material para o desenvolvimento de uma nova série de criação que marca mudanças nos temas e nos procedimentos pictóricos dentro do conjunto de sua produção artística. A pesquisa desenvolveu-se através da análise dos registros sobre a obra de Kiefer em arquivos e bibliotecas de Instituições artísticas brasileiras como Museu de Arte Moderna de São Paulo, Fundação Bienal de São Paulo, Pinacoteca do Estado e Instituto Goethe, além da análise de uma obra original da série citada, disponibilizada por uma colecionadora brasileira. O trabalho foi fundamentado através de publicações de autores como Walter Benjamin, Daniel Arasse, Andrea Lauterwein, Andreas Huyssen, Brissac Peixoto, Sérgio Paulo Rouanet, Alberto Tassinari, Márcio Seligmann-Silva, W.J.Mitchell, Mieke Ball, Hans Belting entre outros. Através do material pesquisado, foram desenvolvidas reflexões no âmbito da arte contemporânea, utilizando-se conceitos desenvolvidos pelos teóricos e críticos da arte. Houve a necessidade de retomar a produção do artista desde suas primeiras obras, em que os temas concentravam se na história alemã e na origem do povo germânico. A influência da poesia de Paul Celan reflete uma mudança de temas na produção do artista que passa a explorar a cultura judaica. Estas questões tornaram-se necessárias para a compreensão dos motivos que levaram Kiefer a dedicar-se a uma série de obras sobre a paisagem brasileira. A situação do artista alemão no pós-guerra e a necessidade de mudança na concepção tradicional da representação a partir do Holocausto, a memória e a paisagem em ruínas, são temas transferidos para diversos contextos e passaram a funcionar como metáfora no desenvolvimento de sua produção artística. Assim, no período analisado concluiu-se que há um deslocamento, que parte da problemática gerada pela catástrofe histórica, vivenciada por Kiefer, para a compreensão de vários questionamentos que aludem à paisagem urbana contemporânea. A percepção da transitoriedade é sentida através dos materiais utilizados pelo artista em questão, que guardam as marcas do tempo e abrem um campo complexo de discursos. Relações traçadas através da paisagem de São Paulo partirão do lugar específico da megalópole brasileira, para questões que se colocam em âmbito global
Subject: Paisagem
Memória - Arte
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Piva_MarciaHelenaGirardi_M.pdf34.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.