Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283916
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Gastão Wagner de Sousa Campospt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagempt_BR
dc.format.extent283 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeTESEpt_BR
dc.titleO profissional enfermeiro e a gestão hospitalar : possibilidades e desafiospt_BR
dc.title.alternativeThe nursing professional and the hospital management : challenges and possibilitiespt_BR
dc.contributor.authorBueno, Flora Marta Giglio, 1958-pt_BR
dc.contributor.advisorCampos, Gastão Wagner de Sousa, 1952-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Enfermagempt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Enfermagempt_BR
dc.subjectPapel do profissional de enfermagempt_BR
dc.subjectGestão em saúdept_BR
dc.subjectAdministração hospitalarpt_BR
dc.subject.otherlanguageManagement of professional's roleen
dc.subject.otherlanguageNurse's roleen
dc.subject.otherlanguageHealth managementen
dc.subject.otherlanguageHospital managementen
dc.description.abstractResumo: Este estudo buscou compreender como se dá a inserção do enfermeiro na gestão hospitalar, a partir de um contexto de mudanças do modelo assistencial e de gestão que vinha ocorrendo no local do estudo. Utilizou os conhecimentos da filosofia para destacar o saber fazer da enfermagem (téchne), mais precisamente do enfermeiro no processo do cuidar e, buscando entender a atuação do enfermeiro na gestão. Realizou-se uma reflexão teórica, utilizando o conceito de Gramsci de "intelectual orgânico" e a busca pela hegemonia cultural no processo de gerenciar o cuidado na enfermagem. Desenvolveu-se uma construção dialética entre cuidado e gestão em saúde, utilizando-se referenciais de planejamento em situação de governo de Carlos Matus e a organização da assistência de enfermagem de Florence Nighitingale, além de discutir possibilidades de reformulação do papel gerencial do enfermeiro e refletir sobre a aplicação e impacto dos novos desafios na gestão das pessoas que produzem o cuidado. Participaram dessa investigação, profissionais enfermeiros não docentes que atuam como Diretores Técnicos de Serviço de Enfermagem (cargos de representação) das áreas assistenciais e supervisores de seção de um hospital público universitário do Estado de São Paulo. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa e as técnicas empregadas para a coleta e organização dos dados envolveram a elaboração de um questionário auto-aplicado com questões estruturadas e semiestruturadas, utilizando a técnica de tabulação dos dados para identificação de algumas variáveis. Para a análise de conteúdo das respostas obtidas, as mesmas foram tratadas, organizadas e interpretadas no intuito de apreender os seus significados. Constatou-se que os gerentes de enfermagem tem adequada concepção sobre suas responsabilidades tanto na dimensão assistencial quanto gerencial, porém na execução de suas atribuições não se notam estratégias de ação bem definidas para atuarem como "intelectuais orgânicos", bem para que se reconheça que o espaço do cuidado é o eixo central de sua téchne e que o mesmo existe e está institucionalizado e que suas ações no âmbito gerencial tem como finalidade a qualidade do cuidado, vislumbrando o indivíduo com necessidades de recuperação da saúde e as pessoas que realizam a assistência de enfermagem, articulando-as de forma eficiente com os demais membros da equipe de saúde. Os resultados e análises permitiram sugestões, reflexões e considerações relevantes para os enfermeiros gerentes, bem como para os gestores da área hospitalar, assim como poderão influenciar nos objetivos de ensino formal e desenvolvimento profissional na área da saúde.pt
dc.description.abstractAbstract: This study aims to understand the nursing professionals entered in hospital management process,from context changes of assistance model and management that occurs at the study site. To highlight the nursing expertise (téchne), philosophy knowledge are used, more precisely about the nurse practitioner care process, attempting to understand the nursing professionals's management function. This paper develops a theoreticalreflection about Gramsci's conception "organic intellectual" and the search of cultural hegemony in nursing care process. It also intends to develop a dialectical construction between care and health management using Carlos Matus's government situation benchmarks and Florence Nighitingale's nursing assistance organization, besides of discuss reformulation possibilities of management nurse function and to reflect about the application and impact people management of care production's new challenges. This investigation counted with the participation of 37 non-teaching nurses who act as Technical Directors of Nursing Services (representative positions) of assistance areas and are section supervisors of São Paulo state public university hospital. It is qualitative study and the techniques adopted to collect and the organizing of data involved the creation of a self-administered questionnaire with structured and semi-structured questions, using the technique of data tabulation to identify some variables. For the analysis of the responses obtained, they were treated, organized and interpreted in order to grasp their meanings. It was found that nursing managers have adequate conception of their responsibilities both in care responsabities dimension and management experience, however in the execution of their duties there are no action strategies well defined to act as "organic intellectuals", trying to understand that the care space, téchne core element, exists and is institutionalized, as well as to understand that their management sphere actions aims to care quality, seeing the needs of health recovery and people who perform nursing care, and better articulating with other members of the healthcare team. The results and analyzes allowed suggestions, reflections and relevant considerations to nursing managers as well as care area managers, and may influence the goals of formal education and health professional development.en
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.citationBUENO, Flora Marta Giglio. O profissional enfermeiro e a gestão hospitalar: possibilidades e desafios. 2013. 283 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/283916>. Acesso em: 23 ago. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreedisciplineEnfermagem e Trabalhopt_BR
dc.description.degreenameDoutora em Enfermagempt_BR
dc.contributor.committeepersonalnamePires, Denise Elvira Pires dept_BR
dc.contributor.committeepersonalnamePeduzzi, Marinapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnamePasche, Dario Fredericopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameCampos, Claudinei José Gomespt_BR
dc.date.available2018-08-23T23:38:37Z-
dc.date.accessioned2018-08-23T23:38:37Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-23T23:38:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bueno_FloraMartaGiglio_D.pdf: 3835227 bytes, checksum: 81c456ac3eeb5cc69e4d8783f561aeb6 (MD5) Previous issue date: 2013en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283916-
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bueno_FloraMartaGiglio_D.pdf3.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.