Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283902
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Clima de segurança : percepção dos profissionais de enfermagem em um hospital de ensino
Title Alternative: Safety climate : perception of nursing professionals at a university hospital
Author: Tondo, Juliana Cristina Abbate, 1982-
Advisor: Guirardello, Edinêis de Brito, 1960-
Abstract: Resumo:A segurança do paciente deve ser considerada como um pré-requisito da assistência, pois trata-se de um componente crítico que reflete o aspecto da qualidade do serviço prestado. A percepção dos profissionais de enfermagem em relação ao seu ambiente de trabalho influencia positiva ou negativamente na maneira como eles se vêm profissionalmente e no modo como executam suas atividades, o que reflete diretamente na segurança do paciente. A cultura de segurança é um importante fator que guia muitos comportamentos dos profissionais de saúde a considerarem a segurança do paciente como uma de suas maiores prioridades, medida por meio do clima de segurança, o que possibilita a identificação das limitações e fragilidades existentes no ambiente de trabalho. Estudo com abordagem quantitativa, transversal, descritivo, que tem por objetivo avaliar a percepção da equipe de enfermagem sobre o clima de segurança em um hospital de ensino do interior do estado de São Paulo. Para a coleta de dados, foi utilizada a Ficha de caracterização pessoal e profissional e o instrumento Safety Attitude Questionnaire - Short Form 2006. A análise dos dados foi realizada por meio de estatística descritiva e teste de correlação entre as variáveis. Participaram do estudo 259 profissionais de enfermagem, dos quais 46 enfermeiros e 213 técnicos e auxiliares de enfermagem, sendo a maioria do gênero feminino, casada, com idade média de 37,16 anos e desvio padrão de 9,07. Verificou-se que apenas o domínio satisfação no trabalho foi percebido como positivo pelos profissionais. Os domínios com pior avaliação foram: percepção da gerência do hospital, percepção do estresse e percepção da gerência da unidade. Quando avaliada a percepção do clima de segurança entre as categorias profissionais, constatou-se diferenças estatisticamente significantes, apontando que os enfermeiros percebem um clima de segurança mais favorável do que os técnicos e auxiliares de enfermagem. A avaliação do clima de segurança sob a percepção desses profissionais poderá subsidiar os gestores de enfermagem e administradores a identificar as limitações e fragilidades existentes no ambiente de trabalho, para que possam subsidiar ações que favoreçam um clima de segurança positivo

Abstract: Patient safety must be considered as an important pre-requisite of care, once it is a critical component that reflects the quality of care rendered. The perception of nursing professionals toward their work environment exerts either a positive or negative influence on how they see themselves professionally and how they perform their activities, having a direct effect on patient safety. The culture of safety is an important factor that guides many of the health care professional behaviors, regarding patient safety as one of their major priorities, being measured through the safety environment, allowing the identification of existing limitations and weaknesses. It is a descriptive, cross-sectional study, with a quantitative approach that aims to evaluate the nursing staff perception of the safety environment at university hospitals within the inland parts of the state of São Paulo. It is about a subproject from a project called "Impact of professional practice environment and burnout in job satisfaction, intention to quit and perception of quality of care", which is in progress. Both the personal and professional profile application, as well as the Safety Attitude Questionnaire were used to collect data. The data analysis was performed with the help of the SPSS software for Windows®. There were 259 nursing professionals who participated in the study, composed of 46 nurses and 213 nursing technicians and aides, majority being female and married, with an average age of 37.16 years old. It was found that only the "job satisfaction" area was perceived as positive by nursing professionals, with an average of 81.97. The areas with worst evaluation were: "perception of hospital management", "perception of stress" and "perception of facility management". When assessing the perception of safety environment among categories, it was found signficant statistical differences, showing that nurses perceive the safety environment as more favorable than nurses technicians and aides do. The assessment of safety climate may help nursing managers and hospital administrators to identify the limitations and fragilities in the work environment which will help to provide actions to improve a positive safety climate
Subject: Segurança do paciente
Qualidade da assistência à saúde
Ambiente de instituições de saúde
Enfermagem
Editor: [s.n.]
Citation: TONDO, Juliana Cristina Abbate. Clima de segurança: percepção dos profissionais de enfermagem em um hospital de ensino. 2015. 1 recurso online ( 81 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/283902>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tondo_JulianaCristinaAbbate_M.pdf2.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.