Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/283870
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Acolhimento em centro de atenção psicossocial : percepção de profissionais que vivenciam a prática
Title Alternative: Reception in psychosocial care center : perception of professionals experience the practice
Author: Mendes, Dárcio Tadeu, 1982-
Advisor: Campos, Claudinei José Gomes, 1963-
Abstract: Resumo: O acolhimento nos diversos níveis da assistência em saúde constitui-se numa das bases para o cuidado, pautado nos princípios doutrinários do SUS- Sistema Único de Saúde - integralidade, universalidade e equidade. No campo da saúde mental, os CAPS- Centro de Atenção Psicossocial, serviços de atenção diária substitutivos ao antigo modelo de internação em hospital psiquiátrico, atendem clientes portadores de transtornos mentais severos e persistentes e o acolhimento é a abordagem inicial a quem procura estes serviços. A demanda que surge é diversificada, o que exige do profissional uma versatilidade para lidar com cada situação. Foram objetivos deste estudo conhecer os significados deste acolhimento na ótica de profissionais de um CAPS de um município do interior do Estado de São Paulo e identificar fatores que, porventura, interfiram nesta abordagem. Para a coleta de dados foram utilizados um roteiro de entrevista semiestruturada e a observação participante. A amostra foi composta de modo intencional e delimitada pelo critério de exaustão e contou com 12 profissionais de saúde que realizavam o atendimento do acolhimento no serviço durante o período de coleta de dados. Para a discussão dos dados foi utilizada a análise de conteúdo temática à luz do referencial teórico de Carl Rogers da abordagem centrada na pessoa. Foram encontradas cinco categorias: o acolhimento como ferramenta de escuta, o acolhimento facilitando a formação do vínculo, o acolhimento visto como uma ajuda, a carência de uma rede de serviços articulada interferindo no acolhimento e a organização interna do serviço interferindo no acolhimento. Concluiu- se que esses sujeitos percebem o acolhimento como um processo que transcende uma triagem, apontando percepções que vão ao encontro da teoria centrada na pessoa de Rogers - escuta, ajuda e vínculo. No entanto, sinalizam que seu desenvolvimento fica prejudicado no serviço onde atuam devido a fatores institucionais e à carência de outros serviços que também articulam uma rede em saúde mental. Sugere- se o investimento na implantação de outros serviços que articulam a rede de saúde mental, assim como a definição de protocolos e fluxos conjuntamente com outros serviços de saúde

Abstract: The reception on the many levels of the health assistance is built around one of the bases for the care, lined on the doctrinal principles of the SUS ¿ integrality, universality and equity. On the mental health field, the CAPS ¿ Psychosocial Attention Centers, daily attention services replacing the old model of psychiatric hospital admission, serve the most severe and persistent mental troubled patients, and the reception is the initial approach to anyone who is looking for these services. The request rate that arises is diversified, demanding the professional a versatility to deal with each one of the situations. The targets of this study were to know the meanings of this reception from the perspective of a São Paulo state¿s country town CAPS professional and identify factors that, perhaps, interfere with this approach. For the data gathering, it was used a semi-structured interview script and the partaker¿s observation. The sample was composed by the exhaustion criteria and featured 12 health professionals that performed the welcoming treatment in the service during the data collection period. For the data discussion, it was used Carl Rogers thematic content analysis subject to the person-centered approach¿s technical reference. Five categories were found: the reception as a listening tool, the reception easing the bond creation, the reception seen as an aid, an articulated service network interfering with the welcoming and the service¿s internal organization interfering with the welcoming. It has been concluded that these subjects notice the reception as a process that transcends a triage, pointing out insights that reach out to Rogers person-centered theory ¿ listening, aid and bond. However, they indicate that its development is harmed at the service where they operate due to institutional elements and due to the lack of other services, which also associates a mental health network. It is suggested that an investment should be made at other services deployment that associates the mental health¿s network, as well as protocols and flows¿ joint establishment along with other health¿s services
Subject: Acolhimento
Saúde mental
Serviços de saúde mental
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mendes_DarcioTadeu_M.pdf1.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.