Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/282050
Type: TESE
Title: O bordão do pobre: um estudo sobre o gado como estrategia economica para uma população minifundiaria no Rio Grande do Sul
Author: Teixeira, Sergio Alves
Advisor: Mott, Luis
Abstract: Resumo: Em qualquer grupo humano a satisfação de necessidades naturais e culturais leva ao desenvolvimento de ações estratégicas, onde as potencialidades dos atores e do meio global são combinadas de modo a propiciar um equilíbrio ainda que relativo entre elas e as necessidades dos atores. Este estudo investiga em que medida o gado se constitui em estratégia econômica para uma população minifundiária no município de Rio Pardo, Rio Grande do Sul. Porque na literatura antropológica os estudos sobre gado basicamente se referem a ele no contexto do latifúndio e, das assim chamadas sociedades primitivas este estudo também apresenta uma etnografia do gado no contexto de minifúndio aqui considerado. Os trabalhos de campo se desenvolveram de junho de 1974 a agosto de 1975. A coleta de dados se deu através de entrevistas e de observação participante e não participante. Também utilizou-se dados (não publicados), obtidos em outra pesquisa realizada na mesma área pelo autor em 1972. Tendo em vista que a composição do gado; sua utilização e significado apresentam relevantes peculiaridades diretamente ligadas às finalidades dominantes para as quais as unidades domésticas reconhecem que possuem gado; elas foram classificadas para efeito de coleta e análise de dados, a partir destas finalidades em três categorias: de poupança e investimento; leiteira e de tração. Esta por certas peculiaridades foi dividida em três subcategorias. O estudo mostra que muito do que ocorre no universo em pauta encontra similaridade em outros universos de sitiantes, camponeses, pequenos proprietários, minifundiários ou qualquer outro nome que seja dado aos pequenos produtores rurais que basicamente produzem para a subsistência. Esta similaridade encontra explicação nas peculiaridades estruturais do universo deste pequeno produtor. O estudo conclui que o gado se constitui em estratégia econômica para os minifundiários em consideração porque: a. Não exigindo maiores atenções, permite às unidades domésticas dedicarem a maior parte de seu tempo a outras atividades para a obtenção de subsistência. b. É de manutenção barata e os gastos com ele são compensadores. c. Os riscos de perda são reduzidos. d. Enquanto a maior parte da produção destinada ao mercado pelos pequenos produtores rurais tem seu preço aviltado por aqueles que controlam o mercado, o gado tem seu preço defendido detentores do poder político e econômico. e. Há amplo mercado para ele. f. Constitui-se em segura e rendosa forma de poupança e investimento. g. Constitui-se no principal instrumento e credencial para a obtenção de crédito. h. A disponibilidade de força de tração bovina oportuniza maiores possibilidades de trabalho e remuneraçao. i. Há um razoável mercado para o leite. j. Constitui-se em importante instrumento para o trabalho por conta própria, desejado por grande parte da população. l. Constitui-se em relevante fator de segurança econômica e social. m. Constitui-se em instrumento necessário para a compra de terra. O estudo demonstra que a opção pelo gado, face a outras alternativas, é um procedimento de racionalidade econômioa

Abstract: The satisfaction of natural and cultural needs af any human group leads to the development of stratetegic actions, in which the potentialities of the actors and the global environment are combined in such a way so as to offer an equilibrium, even though relative, betwen them and the needs of the actors. This study investigates up to what extent cattle can be considered as an economic strategy for small land owners in the country of Rio Pardo, State of Rio Grande do Sul. Because in the anthropological bibliography studies on cattle basically refer to it in the latifundium context and in the so called primitive society, this study also presents a cattle ethnography in the minifundium context here under consideration. Field research was developed from June 1974 to August 1975. Data were gathered through interviews and participating and non-participanting observation. Also, data (not published) obtained in another research performed by the author in the same area, 1972, were used. Keeping in mind that the composition of cattle, its utilization and meaning present relevant peculiarities directly related to the dominating aims for which the households recognize that they own cattle for the purpose of gathering and analizing data from the stand point of these aims, they were classified in three categories: savings and investment, dairy production and bovine traction. Because of certain details the last one was divided in'to three sub-categories The study shows that a lot of what happens in the environment in question finds similarity in other environments of small land owners, peasants, small farmers, owners of minifundiuns or any other name given to small rural producers who basically produce for their subsistence. This similarity is explained by the structural peculiarities of the environmente of these small producers. The conclusion is that catlle is an economic strategy for the small land owners here considerad because: a. Not requiring greater attention allows the households to dedicate most of their time to other activities related to subsistence. b. Maintenance is cheap and the expense compensates. c. The riskis of loss are diminished. d. While most of the production destined to the market by the small farmers has its price debased by those who control the market, the price of cattle is supported by political and eoonomic leaders. e. There is a vast market for it. f. It is a secure and profitable form of saving and investiment. g. It is the chief instrument and credential to obtain credit. h. The availability of bovine traction opens greater possibilities of work and remuneration. i. There is a reasonable market for milk. j. It is an importante instrument for independent work which is wished by a great part of the population. 1. It is an outsdanding factor of economic and social security. m. It is an instrument necessary for land purchase. This study demonstrates that the option for cattle, among other alternatives, is a pracedure of economic racionality
Subject: Gado - Rio Pardo (RS) - Aspectos econômicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1976
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Teixeira_SergioAlves_M.pdf5.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.