Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281940
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: As esperanças do passado
Author: Almeida, Gisele Maria Ribeiro de, 1976-
Advisor: Silva, Sergio Salome, 1943-
Abstract: Resumo : Tendo como referências teóricas textos clássicos e recentes, o presente trabalho apresenta um estudo sobre o conceito de utopia a partir do ¿território¿ definido pela peça de teatro Lembrar é resistir, que resgatou a memória dos presos políticos durante a ditadura militar instituída em 1964, no Brasil. O estudo é desenvolvido através da análise da própria peça e de entrevistas com pessoas ligadas à sua produção e realização e com espectadores cujas trajetórias de vida referem-se concretamente à experiência retomada pelo espetáculo. Lembrar é resistir teve como cenário o prédio que abrigou o Departamento de Ordem Política e Social (DOPS), uma instituição cuja tarefa principal era ¿prever e reprimir os delitos contra a ordem¿. Em 1998, o edifício paulista - ocupado pelo DOPS até 1983 - passou à alçada da Secretaria de Cultura do Estado. Lembrar é resistir estreou em outubro de 1999, idealizada para comemorar os 20 anos da Anistia. A montagem ficou em cartaz mais de um ano em São Paulo e também ganhou uma versão carioca. Articulando a temática da utopia a este ¿território¿, a dissertação tenta compreender os sentidos da re-ocupação do prédio e das ações de fazer e assistir à peça. O material obtido com a pesquisa empírica estruturou uma discussão sobre o ¿papel¿ e o ¿lugar¿ da utopia em certas formas atuais de pensar a realidade social

Abstract: Theoretically embedded in classical and recent works, this study presents a discussion on the concept of utopia based on the ¿territory¿ defined by the theatre play Lembrar é resistir (Remembering is resistance), recovering the memory of the political prisoners during the Brazilian military dictatorship which begun in 1964. This study is developed through the analysis of the play, of the interviews with the production staff and members of the audience, whose life stories refer concretely to the experience retrieved by the spectacle. Lembrar é resistir was staged at an old building which used to be the very government institution (Departamento de Ordem Política e Social - DOPS) responsible for the repression of the ¿offenses against the order¿. In 1998, the building, located in the city of São Paulo, was passed on to the cultural department of the state, after being a DOPS possession until 1983. Lembrar é resistir was idealized to celebrate 20 years of Amnesty staring on October of 1999. The play was performed for a little more than a year in the city of São Paulo and was also staged in Rio de Janeiro. This dissertation tries to understand the meanings of the new occupation of the building and of the play¿s making and viewing, trough the articulation of the utopian theme with this ¿territory¿. The evidence produced by the empirical research supplied elements to discuss the ¿part¿ and ¿place¿ of utopia in today¿s ideas on social reality
Subject: Utopias
Valores sociais
Brasil - História - 1964-1985
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Almeida_GiseleMariaRibeirode_M.pdf2.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.