Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281893
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A Revista O Progresso e a proposta de reformas sociais
Author: Almeida, Marcelo Francisco de
Advisor: Bastos, Elide Rugai, 1937-
Abstract: Resumo: Nesta pesquisa realizou-se um estudo em torno da revista O Progresso e seu papel nas transformações ocorridas durante as primeiras décadas do século oitocentista brasileiro. Criada em Recife, entre os anos 1846 e 1848, constitui-se um valioso material histórico, com capacidade de apresentar as mudanças políticas, econômicas e sociais da época, que de algum modo ainda sobrevivem nos dias de hoje. Estudiosos da História do Pensamento Social costumam afirmar que a criação e o desenvolvimento da revista O Progresso constituiu-se em uma primeira experiência de intelectuais brasileiros adotando e disseminando ideais socialista-utópicos. Um detalhe que chamou a atenção foi o fato de Antônio Pedro de Figueiredo, idealizador e criador dessa empreitada intelectual e política, traduzir, em 1846, os escritos do filósofo francês e precursor da doutrina eclética, Victor Cousin. Como essa doutrina emerge num contexto marcado por definições de uma nova ordem social e política, em especial, pela sedimentação da burguesia enquanto classe hegemônica, a pesquisa ora apresentada, procurou problematizar em que medida a presença de um "viés" socialista-utópico no conjunto de artigos que compõem a revista O Progresso, bem como da autoclassificação realizada por Antônio Pedro de Figueiredo, dizendo-se socialista, não se constituiria numa situação, de certa maneira, ambígua, já que a doutrina eclética, também presente neste periódico, é concebida de comum interesse com a burguesia européia. Se de um lado, pode-se apontar limites à afirmação de que se trata de autênticos precursores do socialismo-utópico no Brasil, de outro, verifica-se que a doutrina eclética, veio ao encontro dos interesses de uma parcela da intelectualidade e políticos da época, ao "funcionar" como "guia" de análise e sustentação das propostas reformistas. Palavras Chaves: doutrina eclética, socialismo-utópico, Revista O Progresso, pensamento social no Brasil, Antônio Pedro de Figueiredo

Abstract: During the research, it was made a study about the O Progresso magazine and the part played by it in the changings occurred in the first decades of the nineteenth century in Brazil. Created in Recife, winthin the years of 1846 and 1848, it consisted of a valuable historical material, able to present the political, economic and social changings from the age, so that in a certain way are mirrored nowadays. Scholars of the Social Thought History use to say that the creation and development of the O Progresso magazine is the first experiment from Brazilian scholars to spread utopian-socialist ideais. A relevant fact is that Antônio Pedro de Figueiredo, whom idealised this intellectual and political work, translated in 1846 the writings of the French philosopher and the forerunner of the ecletic doctrine, Victor Cousin. As this doctrine emerges in France in a context of definition of a new social and political order, specially by the sedimentation of the bourgeoisie as the ruling class, the research presented discussed in which way the presence of an utopian-socialist view in the articles of the magazine as well as the fact of Antônio Pedro de Figueiredo had entitled as a socialist, would not be an ambiguous situation, because the ecletic doctrine also present in the periodical, was conceived with the joint consent of the European bourgeoisie. The limitations to point them as authentic utopian-socialist forerunners in Brazil are perceptive. Otherwise, the ecletic doctrine was of interest to some scholars and politicians of the age, being an analysis and sustentation guide and politicians of an of the reform proposals. Keywords: ecletic doctrine, utopian-sociallism, O Progresso magazine, social thought in Brazil, Antônio Pedro de Figueiredo
Subject: Socialismo utópico
Reforma
Brasil - Civilização
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Almeida_MarceloFranciscode_M.pdf10.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.