Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281849
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: "As coisas como elas são" : moralidade politica e social em William Godwin (1790-1800)
Author: Ferreira Neto, Orlando Marcondes
Advisor: De Decca, Edgar Salvadori, 1946-2016
Decca, Edgar Salvadori de, 1946-2016
Abstract: Resumo: " 'As coisas como elas são'. Moralidade política e social em William Godwin (1790-1800)" é um estudo a respeito do filósofo, romancista e ideólogo político William Godwin (1756-1836). A trajetória política de Godwin na década de 1790 é abordada tendo como referência a crítica às posições tradicionais da historiografia a seu respeito. Enquanto esta se recusa a atribuir a Godwin um caráter propriamente político e representativo no dito "debate político" da década de 1790, este estudo procura compreender o conteúdo propriamente político de sua atuação social. Para isso, investiga como Godwin pensa a ordem políticosocial na Inglaterra da década de 1790, tendo como fontes fundamentais seu tratado filosófico Investigação acerca dajustiça política (1793) e seu romance As coisas como elas são, ou as aventuras de Caleb Williams (1794). No romance Caleb Williams, Godwin se dirige à crítica política da moralidade privada. Segundo ele, em decorrência da perpetuação de uma ordem política fundada nos valores morais aristocráticos, as relações entre os indivíduos são marcadas pela violência, pela tirania e pelo sofrimento. Esta crítica revela seu caráter propriamente político por ser dirigida às instituições monárquicas e aristocráticas que, para ele, condicionam os indivíduos a alimentar os valores e sentimentos que conduzem as sociabilidades privadas a assumirem um caráter conflituoso e violento. Com sua crítica à ordem monárquica e aristocrática, Godwin revela os des~jos de uma fração das classes médias inglesas interessadas em reformar a moralidade da. nação e de universalizar seus códigos de conduta. Godwin defende as idéias burguesas de virtude e capacidade individual, ao invés da hereditariedade e do sangue nobre cultivados pela aristocracia. Godwin desempenha o papel de ideólogo burguês, que opera a reelaboração e difusão de valores mais aptos à consolidação da ordem capitalista na Inglaterra

Abstract: "'Things as they are'. Political and social morality in William Godwin (1790-1800)" is a study on the philosopher, writer and political ideologist William Godwin (1790-1800). Godwin's political role in 1790's is approached according to the criticism to the traditional historiography approaches about him. Whereas the latter refuses to attribute a properly political nature to Godwin, which is representative in the so-called 1790's "polítical debate", this study seeks to understand the proper1ypolitical content ofhis social actuation. To do so, it investigates how Godwin thinks of the political order in England in 1790, having as fundamental sources his philosophical treatise Political justice (1793) and his romance Things as they are or the adventures ofCaleb Williams (1794). In Caleb Williams Godwin addresses private morality's polítical criticism. According to him, due to a perpetuation of a polítical order founded on aristocratic moral values, re1ations among individuaIs are marked by violence, tyranny and suffering. Ris criticism reveals its proper1y polítical nature because it is addressed to British aristocratic and monarchical institutions. To him, they subject individuaIs to the conditioning of supporting values and feelings which makes private sociability to assume a conflicting and violent nature. With his criticism to the monarchical and aristocratic order, Godwin reveals the desires of a fraction of British middle classes interested in refonning nation's morality and universalising its behaviour codes. Godwin advocates bourgeois notions of virtue and individual capacity rather than that ones of heredity and noble blood maintained by aristocracy. Re reveals himself as a bourgeois ideologist that proceeds to a re-e1aboration and spread of values more suitable to the consolidation of the British capitalist order
Subject: Godwin, William, 1756-1836
Literatura inglesa - Séc. XVIII
Literatura e moral
Filosofia inglesa - História e crítica - Séc. XVIII
Utilitarismo
Inglaterra - História
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
FerreiraNeto_OrlandoMarcondes_M.pdf8.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.