Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281776
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Isabel, a "redentora dos escravos" : um estudo das representações sobre a princesa
Author: Daibert Junior, Robert
Advisor: Azevedo, Celia Maria Marinho de, 1951-
Abstract: Resumo: Esta dissertação tem como objetivo acompanhar o processo de construção, circulação e apropriação de diferentes representações sobre a Princesa Isabel. Começando pelo seu nascimento, em 1846, este trabalho traz à luz diferentes momentos da construção de sua figura pública ao longo do Segundo Reinado e após a queda da Monarquia no Brasil. Busca-se mostrar como a formação da imagem da Princesa como "Redentora dos escravos" respondeu às necessidades políticas de um abolicionismo moderado, bem como às negociações relativas à continuidade do regime monárquico sob a condução de Isabel como possível Imperatriz. Procura-se ainda explicar de que maneira sobreviveu a representação da Princesa como "Redentora" apesar da insistência republicana em apagá-Ia da memória coletiva. Para tanto, são analisadas as comemorações do 13 de maio realizadas pelos afto-descendentes a fim de mostrar como suas festividades e manifestações religiosas perpetuaram os pressupostos culturais afticanos transplantados para o Brasil e, ao mesmo tempo, trouxeram novos significados à sua herança cultural. Por fim, apresenta-se a "ressurreição" da imagem da Princesa "Redentora", após a morte de Isabel em 1921. E sua posterior ascensão ao panteão de heróis cívicos brasileiros, posição ainda resistente, apesar de consideravelmente ameaçada pela emergência do herói negro Zumbi, evidenciada durante as comemorações do centenário da Abolição da Escravidão no Brasil em 1988

Abstract: This dissertation aims to the process of construction, circulation and appropriation of different representations of Princess Isabel. Beginning with her birth, in 1846, this work brings to light different moments of the construction of her public figure throughout the Second Reign and after the falI of the Monarchy in Brazil. The central concern is to show how the formation of the image of the Princess as the "Redeemer of the slave" responded to the political needs of a moderate abolitionism as well as to the political negotiations toward the continuity of the monarchic regime under the rule of Isabel as the would-be Empress. This work also aims at explaining in wich manner the representation of the Princess as the "Redeemer" of the slaves has survived despite the republican insistence in erasing it trom the collective memory. The commemorations of May 13th,the day the Abolition Law was signed, conducted by people of African descent in the streets are also analyzed here in order to show how their feasts and religious manifestations perpetuated African ways of being in Brazil and, at the same time, brougth new meanings to their cultural inheritance. Finally, it concludes presenting the "resurrection" of the image of the "Redeemer" Princess, after Isabel's death in 1921. Her ascension to the pantheon of Brazilian civic heroes still resists althoug considerably threatened by the emergence of the black hero Zumbi during the commemorations of the centennial of the Abolition of Slavery in Brazil in 1988
Subject: Isabel, Princesa do Brasil, 1846-1921
Monarquia - Brasil
Abolicionistas
Brasil - História - II Reinado - 1840-1889
Brasil - História - Abolição da escravidão - 1888
Brasil - História - Império - 1822-1889
Brasil - Familia real
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
DaibertJunior_Robert_M.pdf12.92 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.