Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281731
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Afinal, quem tem mais direito? : conflitos e noções de justiça na reserva extrativista do Alto Jurua
Author: Luna, Marisa Barbosa Araujo, 1972-
Advisor: Almeida, Mauro William Barbosa de, 1950-
Abstract: Resumo: Neste trabalho faço uma análise de conflitos sobre uso, posse e propriedade de recursos em um território habitado por agricultores e seringueiros que não possuem títulos individuais sobre a terra. O objetivo da dissertação é identificar quais são as noções de justiça e de direito que orientam as representações e práticas cotidianas dos moradores. O local da pesquisa é a Reserva Extrativista do Alto Juruá: uma área de 506.186 ha situada no oeste acreano, habitada por cerca de 5.000 pessoas, envolvendo seringueiros, agricultores e ribeirinhos. As idéias deste trabalho foram desenvolvidas em reação às de Hardin (Hardin,1968), o qual afirma que recursos naturais de uso comum estão fadados à extinção. Minha intenção é mostrar, através de pesquisa realizada junto aos moradores da Reserva, a existência de sistemas de propriedade sobrepostos e articulados, que explicitam uma lógica particular de uso e apropriação de recursos que se difere do livre acesso descrito por Hardin

Abstract: This work makes an analysis of conflicts about use and property rigths of natural resources in a land occupied by rubber tappers who don't have landship. The main pourpose is to identify the notions of justice and law which guide the pratices in the daily life of these people. The research was made in the "Reserva Extrativista do Alto Juruá", west Acre, that covers an 506.186 ha area and is inhabited by about 5000 people. The main ideas of this work were inspired in opposition of those of Hardin (Hardin,1968), who says that the commom property resources are destined to become extinct. My intention here is to verify, through the research made in the "reserva", the existence of property sistems which make explicit a particular way of use and appropriation of the resources in the land, differently from what Hardin expects
Subject: Seringueiros
Recursos naturais
Direito de propriedade
Justiça social
Floresta - Conservação
Antropologia
Acre - Aspectos sociais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Luna_MarisaBarbosaAraujo_M.pdf7.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.