Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281578
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Todavía sigo siendo mapuche en otros espacios territoriales (Mapuchewkülekan kake Fütal mapu mew) = Todavia continuo sendo mapuche em outros espaços territoriais (Mapuchewkülekan kake Fütal mapu mew)
Title Alternative: Todavia continuo sendo mapuche em outros espaços territoriais (Mapuchewkülekan kake Fütal mapu mew)
Mapuchewkülekan kake Fütal mapu mew
Author: Pichinao Huenchuleo, Jimena Gloria, 1973-
Advisor: Lea, Vanessa
Lea, Vanessa Rosemary, 1953-
Abstract: Resumo: Nesse texto pretende-se compreender como, atualmente, se manifesta a relação dos mapuche com sua filosofia social (mapuche rakizuam). Veremos como mesmo num contexto de profundas transformações, o pensamento próprio contínua fazendo sentido e intensificando a vida das pessoas mapuche. O que será abordado a partir da análise de casos de pessoas que, durante a segunda metade dos anos 1960, se deslocaram desde um espaço territorial (fütal mapu) para outro e que aqui aparecem guiando nossa reflexão. A abordagem proposta para esta pesquisa implicou o tratamento das principais categorias da filosofia mapuche, tanto aquelas relativas a seus princípios fundacionais, como as que se relacionam com a espacialidade. Procura-se expor um esquema geral disponível para a interlocução com futuros estudos sobre a temática. Da mesma maneira que, numa tentativa de construir generalização, se propõe à filosofia social ou sóciocosmologia mapuche nomes que contêm uma forte ênfase religiosa; centrada na vida e suas inter-relaciones, onde os cerimoniais constituem um vínculo inevitável; além de um componente ético moral que é sua principal consequência. Em todo o trajeto de escrita procura-se demostrar como, a pesar das mudanças que afetaram drasticamente a existência dos mapuche, chegando hoje em dia a se colocar em xeque sua sobrevivência, ainda persiste uma reflexão própria que permanentemente luta por se fazer visível

Abstract: In this research we describe how the Mapuche people relate to their social philosophy (mapuche rakizuam), how even in a context of profound transformations their own way of thinking continues to make sense and makes their lives more complex. This study is conducted from a particular case of some individuals who moved from one territory (fütal mapu) to another one during the second half of the 1960s. The approach included the treatment of the main categories of Mapuche philosophy both those relating to its basic principles, and those relating to its spatial relations. Thus, it reveals a general scheme for establishing a dialoge with future studies on this topic. Also, in an attempt to make some generalizations, names for Mapuche social philosophy or sociocosmology are proposed which contain a strong religious emphasis, focused on life and its interrelations, where ceremonials constitute the unavoidable link, and where an ethic and moral component is their main consequence. All along thesis, we try to show the persistence of a particular reflection which is permanently fighting to get visible despite the migrations which have drastically affected very the existence of the Mapuche whose survival has been threatened
Subject: Etnologia - Filosofia
Espaço
Paisagens
Migração interna
Índios Mapuche
Language: Espanhol
Editor: [s.n.]
Citation: PICHINAO HUENCHULEO, Jimena Gloria. Todavía sigo siendo mapuche en otros espacios territoriales (Mapuchewkülekan kake Fütal mapu mew) = Todavia continuo sendo mapuche em outros espaços territoriais (Mapuchewkülekan kake Fütal mapu mew). 2012. 145 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/281578>. Acesso em: 21 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
PichinaoHuenchuleo_JimenaGloria_M.pdf17.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.