Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281569
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Evolução e diferenciais socio-demograficos da mortalidade por cancer de colo de utero, mama feminina e prostata entre idosos no Estado de São Paulo de 1980 a 2000
Author: Belon, Ana Paula
Advisor: Aidar, Tirza, 1961-
Abstract: Resumo: O cenário demográfico que se delineia no Estado de São Paulo é caracterizado pelo aumento envelhecimento relativo populacional e da participação relativa e das taxas de mortalidade por neoplasias malignas entre as causas de óbito. A estreita associação entre mortes por neoplasias malignas e a população idosa reforça a importância deste estudo, que apresenta como proposta investigar a relação entre as condições de vida dos idosos e a mortalidade por neoplasias de colo de útero, mama feminina e próstata para o Estado de São Paulo no ano de 2000. Parte-se do pressuposto que as desigualdades socioeconômicas se expressam nos diferenciais da mortalidade por neoplasias entre idosos e seu comportamento ao longo do tempo. Resgata-se as dimensões socioeconômicas e demográficas da mortalidade, numa tentativa de não se restringir à simples mensuração da desigualdade em saúde. Elege-se, como variáveis socioeconômicas para compor perfil socioeconômico dos idosos, os anos de estudo e rendimento domiciliar per capita, tendo como categorias de referência o analfabetismo funcional e o rendimento igual ou superior a 5 s.m. per capita. Para tanto, o Estado de São Paulo é dividido em Direções Regionais de Saúde (DIR) e a população idosa em grupos etários qüinqüenais e por sexo. Os anos censitários, que auxiliam a compreensão da evolução temporal, são 1980, 1991 e 2000. Através de análises de correlação e graus de dispersão, a dissertação aponta como resultados que: (1) ocorre um aumento mais significativo das taxas específicas de mortalidade por neoplasias entre idosos com idades mais avançadas no decorrer dos anos; (2) quanto maior a participação relativa do analfabetismo funcional entre os responsáveis pelo domicílio, menor são os riscos de morrer por neoplasias malignas; (3) quanto maior a proporção de domicílios com rendimento per capita igual ou superior a 5 s.m., maiores são as taxas específicas de mortalidade; (4) a localização e distribuição dos centros de saúde de alta complexidade, segundo as DIR¿s influem na magnitude das taxas; (5) as neoplasias de mama feminina e próstata apresentam maiores índices de correlação entre as taxas e as variáveis socioeconômicas, sendo que o comportamento de colo de útero seria mais aleatório

Abstract: There is a demographic scenery for the State of São Paulo (Brazil) characterized by population ageing and an increasing rate of death, among this population, caused by malignant neoplasms. Based on these findings, this study intends to investigate the relation between socioeconomics and demographic pointers and mortality by malignant neoplasms ¿ uterine cervical, feminine breast and prostate ¿ among the aged population of the State of São Paulo and its health regional services during the year of 2000. Presuming that the socioeconomics inequalities are expressed in the mortality rates by malignant neoplasms among aged people, it was elected as variables to compose the socioeconomic profiles, schooling and per capita domicile income. The reference categories are determined as functional illiteracy and the income of 5 minimal salaries or above per capita. The State of São Paulo is divided by the ¿regional health services¿ (DIR) and the aged population by sex in 5-aged groups. The census years which helps to understand the time evolution are 1980, 1991 and 2000. Through descriptive analysis as well as linear models adjusts, the results suggest that: (1) there is a significative increase in the mortality rates by malignant neoplasms among the eldest and this tendency does not present a homogeneity aspect among the DIR¿s; (2) the rate of mortality due to feminine breast and prostata cancers is, unexpectedly, higher in the more developed regions; (3) in areas with health centers of high complexity for cancer treatment, the same tendency occurs, i.e. the highest levels of deaths as a consequence of neoplasms in aged population were observed.
Subject: Cancer - Mortalidade
Idolos - São Paulo (Estado)
Idolos - Aspectos demográficos
Idolos - Condições sociais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BELON, Ana Paula. Evolução e diferenciais socio-demograficos da mortalidade por cancer de colo de utero, mama feminina e prostata entre idosos no Estado de São Paulo de 1980 a 2000. 2006. 144p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/281569>. Acesso em: 6 ago. 2018.
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Belon_AnaPaula_M.pdf976.44 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.