Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281506
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A busca do territorio : uma aproximação a diversidade do seu significado entre os sem-terra
Author: Loera, Nashieli Cecilia Rangel, 1977-
Advisor: Godoi, Emília Pietrafesa de, 1960-
Abstract: Resumo: A ocupação em massa da terra e a instalação de acampamentos são estratégias inovadoras da ¿luta pela terra¿ no Brasil. As redes sociais (de parentesco, de vizinhança, de amizade e afinidade), que traspassam as fronteiras dos acampamentos e assentamentos organizados pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), são fundamentais na ocupação de terras, tornam possível, a ¿máquina dos sem-terra¿. A instalação de acampamentos -que acontece logo após a ocupação- configura-se como um ato comunicativo, uma linguagem. Através de um caso particular, o do acampamento Terra Sem Males, veremos como essa linguagem se revela através de uma forma particular de organização social. Também veremos como neste espaço (o acampamento) as trocas, bicos e ajudas acontecem, tendo como pano de fundo um ¿discurso do sofrimento¿. Assim, os sem-terra realizam as ocupações, decidem ficar nos acampamentos e aprendem a ¿linguagem e disciplina da terra¿ na busca de um projeto de autonomia, de um território

Abstract: The massive occupation of lands and the settling of camps are innovative strategies of Brazilian ¿strife for land¿. The social networks (kinship, neighborhood, friendship and affinity) go beyond the frontiers of the camps and the settlements organized by the Landless Workers Movement (MST) become a central element on land occupation and puts ¿the engine of the landless workers¿ in motion. The settling down of camps ¿ that happens right after the occupation ¿ becomes a communicative act, a language. Through the analysis of the particular case of Terra Sem Males camp we will see how this language reveals itself through a particular social organization. We will also see how exchanges, small jobs and aid are taking place in this space (the camp), having as background the ¿discourse of suffering¿. In this way, seeking a project for autonomy and territory, landless workers accomplish the occupations, decide to stay at the camps and learn ¿the language and discipline of the land¿
Subject: Posse da terra
Camponeses
Terras - Distribuição
Trabalhadores rurais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Loera_NashieliCeciliaRangel_M.pdf4.03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.