Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281463
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: "A patria que quisera ter era um mito" : uma introdução ao pensamento politico de Lima Barreto
Author: Botelho, Denilson
Advisor: Chalhoub, Sidney, 1957-
Abstract: Resumo: Esta dissertação consiste na construção do perfil político de Lima Barreto, a partir de um segmento da obra deste escritor até hoje pouco explorado do ponto de vista da história: seus artigos e crônicas publicados na imprensa do RIO de Janeiro entre 1904 e 1922. Em meio a um corpus constituído por mais de ~OO textos, foram pesquisados aqueles que permitem delinear o perfil de suas idéias políticas e suscitam uma reflexão histórica inserida no contexto da República Velha. O resultado alcançado está muito próximo do que nos últimos anos tem sido chamado de "micro-história", na medida em que trata de reconstruir, a partir da observação de uma situação particular, a maneira como os indivíduos produzem o mundo social. A trajetória individual do Lima Barreto cronista e articulista é assim apresentada como objeto de reflexão e do olhar da história social. Inicialmente o trabalho compõem-se de um esboço biográfico que ressalta aspectos relevantes da história de vida de Lima Barreto, aspectos esses que permitam compreender suas idéias políticas. Em seguida, são tratadas questões referentes à política nacional que são discutidas pelo escritor. A crítica às administrações municipais, às eleições, à precariedade da cidadania existente no período, o papel político do Congresso Nacional, o movimento operário e a exclusão política e social vivida pela maior parte dá população brasileira são então abordados. As posições que Lima Barreto toma em relação ao capitalismo, ao anarquismo e ao socialismo conduzem a uma discussão a respeito do conceito de propriedade e da questão fundiária no Brasil, cujo marco é a publicação de um artigo que ficaria conhecido como "manifesto maximalista". Por fim, vemos como o escritor critica uma certa concepção despolitizadora do ato de governar que vai se sedimentando na Primeira República, ao propor que o exercício da administração pública se transforme numa função de competência exclusiva de técnicos e cientistas, assumindo, desta forma, um suposto caráter de neutralidade e objetividade.

Abstract: This essay consists of building up Lima Barreto political profile, referring to a part of his works until nowadays under explored from the historical point-of-view : his articles and chronicles published in the Rio de Janeiro press between 1904 and 1922. Among a "corpus" of more than SOO texts, there were detached those who allow not only a profile design of his political ideas but also those who give birth to a historical reflection within the Old Republic context. I he result of this study is very close to what have been, in these later years, called "micro-history", mainly due to the reconstruction, from the careful observation of a particular situation, of the way people behave in the social world. The individual Journey of Lima Barreto, as a chronicler and a Journalist, stands for an object for reflection and for a way of looking to the social history. To begin with, the essay IS composed of a biographical draft which projects important aspects of Lima Barreto's life history, so that such aspects allow a comprehension of his political ideas. Then, some questions related to the national politics discussed by the writer are presented. Afterwards, his criticism towards the city administrations, the elections, the poor citizenship existing at that time, the political role developed by the National Congress, the laborers movement and the social and political excluded part of the major of the Brazilian people would then live Lima Barreto's attitudes towards capitalism, anarchism and socialism lead to a discussion on the concepts of property and land distribution in Brazil, which main boundary is the publication of an article that would become known as "manifesto' maximalista" By the end, it is possible to see how the writer criticizes a certain depoliticizing conception of the act of govern that goes on its settlement during the First Republic, by proposing the public administration be changed into a function exclusively performed by technicians and cientists, assuming thus a supposed trace of neutrality and objectiveness.
Subject: Barreto, Lima, 1881-1922
Ciência política
Imprensa - Rio de Janeiro (RJ)
Brasil - História - Republica Velha - 1889-1930
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Botelho_Denilson_M.pdf4.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.