Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281412
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Aguas batismais e santos oleos : uma trajetoria historica do aldeamento de Atalaia
Author: Takatuzi, Tatiana
Advisor: Monteiro, John Manuel, 1956-2013
Abstract: Resumo: O presente trabalho acompanha a trajetória histórica de Atalaia, um aldeamento composto por índios Kaingang que teve sua concepção no governo da Capitania de São Paulo durante o processo de colonização dos Campos de Guarapuava na primeira metade do século XIX. Registros eclesiásticos, listas nominativas e relatos de Francisco das Chagas Lima, principal pároco que permaneceu no aldeamento por dezoito anos, documentam como a Igreja estabeleceu classificações hierárquicas, através das quais buscou enquadrar os índios num sistema de subordinação. Em contrapartida, também foram percebidas formas de representações indígenas nas quais uma suposta aceitação dos rituais cristãos é analisada segundo a ótica de uma política e cosmologia própria dos Kaingang, onde os diversos conflitos e alianças que permearam a história desse grupo foram visualizados de acordo com uma visão dualista de mundo e em função de um alto faccionalismo hierárquico. A dialética do encontro em situação de aldeamento promoveu a elaboração e construção de novas relações sociais e a representação indígena não foi explicitada unicamente pelos conflitos contra o colonizador mas, sobretudo, por meio de negociações e adaptações de diferenciadas formas de convívio determinados pelos atores indígenas e coloniais

Abstract: This thesis examines the historical development of Atalaia, a village occupied by Kaingang Indians, which was established in the early nineteenth century by the colonial government of the Captaincy of São Paulo as part of its colonization plan for the Campos de Guarapuava region. Based on ecclesiastical records, census lists, and the writings of Francisco das Chagas Lima, a priest who remained in the village for 18 years, the thesis shows how the church developed a hierarchical classification scheme, subjecting the Indians to a system of subordination. At the same time, the work reveals indigenous forms of representation, analyzing the apparent acceptance of Christian rituals from the perspective of Kaingang politics and cosmology, where the conflicts and alliances that permeated this group¿s history followed a dualistic world view and the logic of a hierarchical factionalism. The dialectics of the encounter within the space of the village promoted the elaboration and construction of new social relations, since indigenous agency was expressed not only through conflicts with colonial interests, but also through the negotiation and adaptation of various forms of coexistence determined both by indigenous as well and colonial actors
Subject: Índios da América do Sul - História
Índios Kaingang - Religião e mitologia
Catequese
Etnologia
São Paulo (SP) - História
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TAKATUZI, Tatiana. Aguas batismais e santos oleos: uma trajetoria historica do aldeamento de Atalaia. 2005. 155 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/281412>. Acesso em: 5 ago. 2018.
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Takatuzi_Tatiana_M.pdf934.5 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.