Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281348
Type: TESE
Title: Adeus ao trabalho? : (as metamorfoses no mundo do trabalho e dimensões da crise do sindicalismo)
Author: Antunes, Ricardo, 1953-
Abstract: Resumo: Este trabalho tem por meta analisar as estradas de ferro no Norte do Brasil do ponto de vista de uma série de práticas político-econômicas e culturais. Em se tratando das práticas político-econômicas, a análise se volta para um poderoso jogo de interesses, marcadamente utilitarista, expresso na lógica do "quem dar mais". Isto equivale a dizer que as ferrovias, na região em estudo, são objeto de acirradas disputas por parte de indivíduos e/ou grupos de interesses que, preocupados em obter o máximo de vantagens pessoais, agem como se as ferrovias fossem propriedade sua, sem qualquer vínculo com a esfera pública. Aos interessados o que importa são os fins e não os meios, razão pela qual os políticos e/ou letrados, na época os articuladores dos projetos ferroviários que vêm à tona nas casas parlamentares e na imprensa, lançam mão de enunciados com fins estratégicos, destinados a produzir efeitos convincentes, pouco importando seu caráter de sinceridade. Daí os muitos jogos verbais e de cena; daí uma série de práticas que são pura teatralização. No tocante às práticas culturais, mencionadas acima, o enfoque se volta para o impacto que o trem de ferro provoca na vida cotidiana do Norte, o que é captado por meio de imagens que o erigem como signo moderno relacionado à emergência de ura novo espaço-tempo, isto é, como signo moderno que expressa rapidez, claramente associado à idéia de que são instituídos ali novos ritmos sociais. Quanto às fontes onde são captadas essas imagens, o texto remete a um intenso diálogo com o seguinte corpo documental: crônicas, poemas, memórias, romances e sátiras, de época ou sobre a época; tabelas sobre preços e/ou horários dos trens, extraída dos jornais; fotografias, algumas tomadas como verdadeiros emblemas, literatura afim, focalizando aspectos diversos da experiência moderna

Abstract: The aim of this paper is to analyses railways in North Brazil, focusing on a range of political economical and cultural practices. Concerning to political and economical practices, the analysis points to a powerful strongly utilitarian game of interests, as in the sentence "who gives more". This means that the railways, in the region studied, are objects of a hotly dispute by individuals and/or group of interests that, worried about getting many personal advantages, act as if the railways were their property, without any bond to the social aspects. For those who get advantages, the most important things are the ends not the means. Because of this, politicians and literacy people - the articulators of railway projects that appear in the congress and media at that time - use strategic enunciations to make convincing effects, without worrying about their sincere character. Then appear the verbal and acting games - a range of practices that is purely acting. Concerning to cultural practices, mentioned before, there is a focus on the impact that train provokes in the everyday life of North Brazil. This can be seen by images that raise it as a modern symbol related to the emergence of a new time-space, that is, as a modern symbol which expresses rapidity clearly associated to ideas in which new social rhythm are instituted
Subject: Trabalho - Aspectos sociológicos
Socialismo - Brasil
Comunismo - Brasil
Sindicalismo - Brasil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1994
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Antunes_Ricardo_LD.pdf10.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.