Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281265
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Projeto costura : percursos sociais de trabalhadores migrantes, entre a Bolívia e a indústria de confecção das cidades de destino
Title Alternative: Sewing project : social pathways of migrant workers, between Bolívia and clothing industries of the host cities
Author: Freitas, Patricia Tavares de, 1979-
Advisor: Baeninger, Rosana Aparecida, 1963-
Baeninger, Rosana, 1963-
Abstract: Resumo: Nesta tese, abordamos a inserção boliviana na indústria de confecção de São Paulo e de Buenos Aires a partir da hipótese da "economia étnica". Argumentamos que os processos que explicam essa inserção, suas relações de trabalho e as próprias oficinas de costura nas quais trabalham os migrantes bolivianos e bolivianas não são os mesmos nos quais se inserem as costureiras brasileiras e argentinas. A pesquisa baseou-se em narrativas de vida desses migrantes sobre os seus percursos sócio espaciais e laborais anteriores e sua experiência social na indústria de confecção das cidades de destino. As entrevistas foram realizadas nos municípios de São Paulo, no Brasil, e Cochabamba, Escoma, La Paz e El Alto, na Bolívia, com bolivianos e bolivianas que, em algum momento de suas vidas, trabalharam na indústria de confecção das cidades de São Paulo e/ou Buenos Aires. A partir das narrativas, ao invés da imagem, comumente associada a essa inserção laboral, de migrantes empobrecidos que saem de suas regiões de origem sem perspectivas e, na cidade de destino, inserem-se no mercado de trabalho das oficinas de costura, encontramos trabalhadores que saem da Bolívia com um trabalho garantido na cidade de destino, que pode ser São Paulo ou Buenos Aires. Nesse sentido, invés de projetos migratórios que culminam com a inserção na indústria de confecção, encontramos "projetos costura" cuja migração, em geral, financiada (como um adiantamento) em parte ou completamente por seus futuros contratadores, é parte de um acordo de inserção laboral estabelecido na Bolívia

Abstract: In this thesis, we address the Bolivian insertion in São Paulo and Buenos Aires clothing industry from the hypothesis of ethnic economy. We argue that the social process that explain this insertion, and both the work relations and the work place in which Bolivian immigrants work are not the same of the Brazilian and Argentinean sewers. The empirical research is based on life narratives of Bolivian immigrants about, on one hand, their socio-spatial pathways and previous working life, and, on another hand, their social experience in the clothing industry of their host cities. The interviews were held in the cities of São Paulo, in Brazil, and Cochabamba, La Paz, El Alto and Escoma (rural municipality of the Andean highlands) with Bolivians that, at some point in their lives, worked on São Paulo or Buenos Aires clothing industry. Instead of the image commonly associated with this labor insertion, of impoverished migrants who leave their home regions and, at the host societies, fit into de labor market of sewing workshops, we have found immigrants that leave their homes at Bolivia with a guaranteed work at São Paulo or Buenos Aires. In this sense, rather migration projects culminating in the clothing industry, we have found "sewing projects", with migration as part of a work agreement held in Bolívia
Subject: Migração
Imigrantes bolivianos - Brasil
Imigrantes bolivianos - Argentina
Trabalhadores da indústria de vestuário
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freitas_PatriciaTavaresde_D.pdf35.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.