Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281254
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Roberto Luiz do Carmopt_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.format.extent80 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeTESEpt_BR
dc.titleHomicídio juvenil masculino em Brasília (DF), entorno de Brasília (GO) e ParecisAlto Teles Pires (MT) : as múltiplas escalas da violência (1991/2010)pt_BR
dc.title.alternativeMael juvenile homicide in Brasília (DF), entorno Brasília (GO) and Parecis / Alto Teles Pires (MT) : the multiple scales of violence (1991/2010)pt_BR
dc.contributor.authorManetta, Alex, 1978-pt_BR
dc.contributor.advisorCarmo, Roberto Luiz do, 1966-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Demografiapt_BR
dc.subjectHomicídio juvenil - Brasília (DF)pt_BR
dc.subjectTrabalho - Aspectos sociaispt_BR
dc.subjectViolênciapt_BR
dc.subjectViolência nos homenspt_BR
dc.subject.otherlanguageJuvenile homicide - Brasilia (DF)en
dc.subject.otherlanguageDemographyen
dc.subject.otherlanguageYouth - Employmenten
dc.subject.otherlanguageSocial integrationen
dc.subject.otherlanguageWork - Social aspectsen
dc.description.abstractResumo: Há décadas o homicídio juvenil masculino tem sido vislumbrado como um fenômeno em expansão no Brasil. A demografia, como campo por excelência dos estudos da população, contribui nesse debate não somente através do reconhecimento das unidades espaciais, dos períodos e dos segmentos da população particularmente afetados por esse tipo específico de violência. Partindo das concepções teóricas que associaram - em décadas passadas - o processo de transição da estrutura etária ao agravo nas condições de ocupação laboral e às tendências de elevação das taxas de homicídio para a população juvenil masculina, procura-se avaliar se o momento atual da dinâmica sócio-demográfica poderia ainda hoje estar potencializando contextos propícios à disseminação de formas não convencionais de inserção socioeconômica, o que inclui a integração de homens jovens na criminalidade urbana violenta. A diversidade de fatores reconhecidos no debate atual sobre a expansão da criminalidade e da violência juvenil homicida no Brasil sugeriu uma análise multiescalar através da qual a população juvenil masculina e os sub-espaços urbanos relativamente desassistidos pelo poder público estariam servindo como recursos úteis à expansão de economias transnacionais do ilícito. Dentro dessa perspectiva vislumbra-se a disseminação da violência letal entre homens jovens em Brasília (DF)/Entorno de Brasília (GO) como manifestação essencialmente ligada à disseminação de oportunidades de reprodução social e econômica através da integração à circuitos transnacionais do crime, visto que a elevação recente (2000/2010) das taxas de homicídio juvenil masculino não corresponde aos períodos caracterizados pelo crescimento proporcional e absoluto da população jovem e nem mesmo pelo agravo nas condições de ocupação laboral formal e remunerada. Com o intuito de melhor vislumbrar a relevância dos aspectos sócio-demográficos nesse processo, utiliza-se uma contraposição entre as dinâmicas recentemente observadas em Brasília/Entorno de Brasília e em Parecis/Alto Teles Pires (MT), sub-região mato-grossense marcada pelo crescimento absoluto e proporcional da população de homens jovens, onde o homicídio juvenil masculino não aparece como tendência contemporânea predominantept
dc.description.abstractAbstract: For decades the male juvenile homicide has been envisioned as a booming phenomenon in Brazil. The demography, as a field of study par excellence of the population, contributes to this debate not only through recognition of spatial units, periods and segments of the population particularly affected by this particular type of violence. Based on the theoretical concepts associated with that - in past decades - the transition in age structure to the offense in terms of occupation and employment trends of rising homicide rates for young male population, attempts to assess whether the current time dynamics socio-demographic could still be leveraging contexts conducive to the spread of unconventional ways of socioeconomic status, which includes the integration of young men in violent urban crime. A variety of factors recognized in the current debate over the expansion of crime and youth violence homicide in Brazil suggested a multiscale analysis whereby the male youth population and sub-urban areas relatively underserved by the government would serve as useful resources for expansion transnational illicit economies. Within this perspective glimpses the spread of lethal violence among young men in Brasília (DF)/Entorno de Brasília (GO) as a manifestation essentially linked to the spread of opportunities for social and economic reproduction through integrating the circuits transnational crime, since the recent high (2000/2010) of male juvenile homicide rates does not correspond to periods characterized by absolute and proportional growth of the youth population and even by worsening conditions in formal employment and gainful occupation. In order to better discern the relevance of socio-demographic aspects in this process uses up a contrast between the dynamics recently observed in Brasilia/Entorno de Brasilia and Parecis/Alto Teles Pires (MT), sub-region of Mato Grosso marked by the absolute and proportional growth of the young men population, where the male juvenile homicide does not appear as an dominant contemporary trenden
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.citationMANETTA, Alex. Homicídio juvenil masculino em Brasília (DF), entorno de Brasília (GO) e ParecisAlto Teles Pires (MT): as múltiplas escalas da violência (1991/2010). 2013. 80 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/281254>. Acesso em: 22 ago. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreedisciplineDemografiapt_BR
dc.description.degreenameDoutor em Demografiapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameVasconcelos, Ana Maria Nogalespt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameCunha, José Marcos Pinto dapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameVieira, Joice Melopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnamePignatti, Marta Gislenept_BR
dc.date.available2018-08-22T14:23:14Z-
dc.date.accessioned2018-08-22T14:23:14Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-22T14:23:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Manetta_Alex_D.pdf: 2981876 bytes, checksum: 019aa85583b582456fe17d20407542ac (MD5) Previous issue date: 2013en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281254-
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Manetta_Alex_D.pdf2.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.