Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281253
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Dinâmica demográfica e indicadores socioeconômicos em escala intramunicipal na fronteira : municípios de Altamira e São Félix do Xingu, Estado do Pará, entre 2000 e 2010
Title Alternative: Population dynamics and socioeconomic indicators in intramunicipal scale : municipalities of Altamira and São Félix do Xingu, Pará State, between 2000 and 2010
Author: Dagnino, Ricardo de Sampaio, 1976-
Advisor: Carmo, Roberto Luiz do, 1966-
Abstract: Resumo: Este trabalho trata das diferenças socioeconômicas existentes no interior dos municípios de Altamira e São Félix do Xingu (PA), situados na fronteira de expansão amazônica. A metodologia desenvolvida compreende três procedimentos. O primeiro, de aquisição da informação, foi a construção de 52 indicadores socioeconômicos (taxa de analfabetismo, renda, etc.) e demográficos (estrutura etária, razão de sexos, etc.) referidos ao nível intramunicipal. A fonte utilizada foram os Censos Demográficos de 2000 e 2010 e a Contagem de População 2007, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apresentam dados agregados por setores censitários (que totalizavam 154 em 2000 e 315 em 2010), que é a menor unidade de representação dos dados. O segundo procedimento, já de tratamento da informação, foi a definição de 29 unidades espaciais intra e trans municipais mediante o agrupamento dos setores censitários de acordo com sua situação (rural e urbana), categoria de localidade (povoado, vila, cidade, etc.) e critérios que garantam o acompanhamento de sua trajetória temporal (2000 a 2010). O terceiro, apoiado nas matrizes ponderadas e permutáveis de Bertin, permite o cruzamento dos 52 indicadores com as 29 unidades espaciais, e levou à construção de 11 agrupamentos dessas unidades, possibilitando a verificação de diferenças (e semelhanças) socioeconômicas entre eles. Dado que objeto de análise concebido pela metodologia é o espaço intramunicipal, torna-se possível captar diferenças socioeconômicas existentes entre: (1) unidades espaciais urbanas e rurais; (2) unidades espaciais urbanas da mesma categoria; (3) unidades rurais situadas dentro e fora de áreas protegidas; (4) unidades rurais situadas nos dois tipos de áreas protegidas (terras indígenas e unidades de conservação). Os resultados obtidos permitem análises de tipo sincrônico, através de comparações entre indicadores de distintos agrupamentos no mesmo ano e explicitam correlações entre indicadores relativos a um mesmo agrupamento, como renda e analfabetismo; e diacrônico, que possibilitam avaliar e correlacionar a evolução temporal de distintos indicadores do mesmo agrupamento. Num plano mais genérico, considera-se que as características da metodologia desenvolvida tornam possível seu emprego para avaliar diferenças socioeconômicas existentes entre agregados populacionais selecionados segundo critérios de distintas naturezas (administrativa, ambiental, social, entre outras possibilidades)

Abstract: This works deals with the internal socioeconomic differences on the municipalities of Altamira and São Félix do Xingu, Pará state, situated on the frontier expansion of Amazonia The methodology comprises three procedures. The first, acquiring information, was the construction of 52 socioeconomic indicators (illiteracy, income, etc.) and demographic indicators (age structure, sex ratio, etc.) referred to intra-municipal level. The source used was the Demographic Census of 2000 and 2010 and the 2007 Population Count, by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), that present data aggregated by census tracts (between 100 and 300, depending on the year), which is the smallest unit data representation. The second procedure, processing information, was the definition of 29 intra and trans municipal spatial units by grouping census tracts according to their situation (rural and urban) and type of locality (village, town, city, etc.) and criteria that enable the monitoring of its temporal trajectory (2000-2010). The third, supported by the Bertin's "weighted and exchangeable matrix", permitting the "cross" of the 52 indicators with 29 spatial units, led to the construction of 11 units of these clusters, allowing the verification of socioeconomical differences (and similarities) between them. Since the object of analysis, designed by the methodology, is intramunicpal space, it becomes possible to capture existing socioeconomic differences between: (1) urban and rural spatial units; (2) urban spatial units of the same type; (3) rural units located within and outside protected areas; and (4) rural units located in two types of protected areas (indigenous lands and conservation units). The results obtained allows synchronic analysis, by comparing between indicators of different classes in the same year and explain correlations between indicators of the same group, such as income and illiteracy; and diachronic, in order to assess and correlate the temporal evolution of different indicators in the same group and the same indicator for the different groups. On a more general level, it is considered that the characteristics of the developed methodology make its use possible to evaluate existing socioeconomic differences among population clusters that transcend municipal division designed according to criteria of different natures
Subject: Distribuição espacial da população
Indicadores demográficos
Fatores socioeconômicos
Censo demografico
Urbanização - Amazônia
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dagnino_RicardodeSampaio_D.pdf7.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.