Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281251
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Dinâmica populacional e mudanças ambientais : riscos e adaptação em Ilha Comprida, Litoral Sul de São Paulo
Title Alternative: Population dynamics and environmental changes : risks and adaptation in Ilha Comprida, southern coast of São Paulo
Author: Santos, Francine Modesto dos, 1985-
Advisor: Carmo, Roberto Luiz do, 1966-
Abstract: Resumo: O objetivo desta tese é estudar as relações entre a dinâmica populacional, a percepção ambiental e as mudanças ambientais em Ilha Comprida, município do Litoral Sul de São Paulo, o qual está sendo fortemente afetado por um processo de erosão acelerada na Ponta Norte que ameaça construções e a população residente nessa área. Com este estudo buscou-se conhecer e analisar como são percebidos e quais ações são realizadas pela população (residente e de veraneio) e pelo governo local para enfrentar a erosão na extremidade norte da Ilha Comprida. A forma como a população percebe e enfrenta os perigos está relacionada ao envolvimento das pessoas com o lugar, que repercute em suas ações de enfrentamento para lidar com os perigos ambientais do município. A percepção ambiental passa por certa diferenciação entre residentes e não residentes, entre alguns componentes da dinâmica demográfica, como sexo, idade e tempo de residência que foram identificados nas categorias de análise da pesquisa. Com este olhar na dinâmica da população, é possível compreender como os perigos ambientais do município são enfrentados pelos sujeitos que os vivenciam. A estratégia metodológica quanti-quali utilizada para caracterizar sociodemograficamente os grupos populacionais expostos aos perigos ambientais da Ilha Comprida e analisar a percepção ambiental da população residente, de veraneio, de gestores e especialistas acerca dos perigos ambientais da área de estudo foi obtida a partir dos dados dos Censos Demográficos (2000-2010) e da realização de entrevistas qualitativas com estes atores sociais. Desse modo, só foi possível alcançar o objetivo da pesquisa estudando a dinâmica populacional desse município e de sua região. A pesquisa empírica proporcionou a compreensão de como se dá a relação entre a população e os fenômenos do ambiente onde estão, como a população conhece os perigos ambientais aos quais está exposta e promove ações de adaptação aos perigos do lugar que ela construiu socialmente. Os resultados indicam que as autoridades governamentais não têm planos de gestão em vigor para lidar com os perigos ambientais atuais e futuros e que as estratégias de enfrentamento ao perigo ambiental da erosão costeira em Ilha Comprida são realizadas principalmente no nível individual e familiar. Há ainda uma resistência tanto da população local para aceitar a realocação como forma de adaptação às mudanças ambientais da Ilha, quanto da gestão local e de órgãos responsáveis pela proteção da área de estudo para gerenciar os problemas ambientais deste ambiente estuarino-lagunar. Desse modo, propõe-se uma ação mais ampla e efetiva que busque conciliar desenvolvimento socioeconômico e proteção ambiental para melhorar tanto a governança ambiental quanto a capacidade adaptativa desse município costeiro e também de outros locais que enfrentam questões ambientais semelhantes às da Ilha Comprida.

Abstract: The objective of this thesis is to study the relations among the population dynamics, the environmental perception and the environmental changes at Ilha Comprida, a municipality from the southern coastline of São Paulo, which is being strongly affected by an accelerated erosion process in Ponte Norte, which is a menace to the constructions and the resident population of this area. The objective of this study was to know and analyze how the local perception is and which actions are being performed by the population (resident and seasonal) and by the government to face the erosion in the northern end of Ilha Comprida. The way the population perceives and faces it is related to the engagement of the people with the place, which impacts in their actions to handle with the environmental hazards of the municipality. The environmental perception goes through the differentiation between residents and non-residents, among some components of the demographic dynamics such as sex, age and years of residence in the area which were identified in the analysis categories of the research. With this view over the population dynamics, it¿s possible to understand how the environmental hazards are faced by the individuals who experience them. The methodological strategy quanti-quali used to characterize socio-demographically the population groups exposed to the environmental hazards at llha Comprida and analyze the environmental perception of the resident population, the seasonal populations, the managers and the specialists concerning the environmental hazards of the area of study was obtained from the data of the Demographic censuses (from 2000 to 2010) and qualitative interviews with this social actors. Thereby, the objective of the research was only possibly achieved by studying the population dynamics of this municipality and its region. The empirical research has provided the understanding of how the relation between the population and the phenomena of the environment where they are works and how the population get to know the environmental hazards which they are exposed to and promote actions of adaptation to the hazards of the place, which they socially brought up. The results indicate that the governmental authorities have no in force management plans to deal with the current and future environmental hazards and the strategies for dealing with this issue of the coastal erosion at Ilha Comprida are mainly carried through the familiar and individual levels. There is also a resistance concerning both the local population, to accept the reallocation as a way of adaptation to the environmental changes of the island and the local management together with the bodies responsible for the protection of the area of study, to manage the environmental issues of this lagoon estuary. Thereby, a more comprehensive and effective plan of action that tries to conciliate socioeconomic development and environmental protection is proposed to improve both the environmental governance and the capacity of adaptation of this coastal municipality, and also other places that face similar issues compared to the ones at Ilha Comprida
Subject: População
Mudanças ambientais globais
Percepção do risco
Editor: [s.n.]
Citation: SANTOS, Francine Modesto dos. Dinâmica populacional e mudanças ambientais: riscos e adaptação em Ilha Comprida, Litoral Sul de São Paulo. 2015. 210 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/281251>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_FrancineModestodos_D.pdf5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.