Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281234
Type: TESE
Title: Arqueologia dos sujeitos históricos : usos do passado nos livros de texto de História do Brasil de João Ribeiro e da Colômbia de Jesús María Henao e Gerardo Arrubla: 1900 e 1911
Title Alternative: Archaeology of the historical subjects : uses of the past in Joao Ribeiro's History of Brazil and Gerardo Arrubla and Jesus Maria Henao's History of Colombia text-books. 1900-1911
Author: Alarcon Jimenez, Andres, 1976-
Advisor: Funari, Pedro Paulo Abreu, 1959-
Abstract: Resumo: Essa pesquisa em História comparada tem como objeto estudar os livros de História do Brasil, de João Ribeiro, e de História da Colômbia de Gerado Arrubla e Jesús María Henao. Os primeiros foram publicados em 1900 com ocasião das comemorações do Quarto Centenário do Descobrimento do Brasil. Os segundos foram publicados em 1911, pois foram os vencedores de um concurso literário celebrado com ocasião do Primeiro Centenário da Independência da Colômbia. Esses livros foram importantes dentre os primeiros livros de texto de história pátria destinados às escolas primárias e secundárias devido, entre outros motivos, pelo contexto de produção e consumo. Por outro lado, estudam-se esses livros como produto do trabalho e visão de mundo dos seus autores. Com esse fim, em primeira instancia, debate-se a ideia de estudar a escrita da História, na sua cadeia produtiva, como uma tecnologia de si. Em segunda instancia, estudam-se essas Histórias como manufaturas, objetos que são produto do processo de constituição de si dos autores como pessoas, desde crianças. Representam as visões de mundo dos autores: o sujeito histórico é o resultado de como o autor concebeu, desenvolveu e usou os "humanos" e sua cultura material na escrita da Historia. Em terceira instancia, propõe-se a noção de "memória protética", devido a que tanto no caso dos autores como dos usuários, essa classe de livros e essa classe de "história", ambas as tecnologias de recente manufatura, constituir-se-iam uma extensão da memória individual

Abstract: The goal of this research in comparative history is the study of João Ribeiro's "Historia do Brasil" and Gerado Arrubla and Jesús María Henao's "História de Colombia". Ribeiro's books were first published in 1900, as part of the commemorations of Brazil's discovery 400th anniversary. Arrubla and Henao's books were first published in 1911, because they had won a Literary Contest during the celebrations of Colombia's Independence Centennial. These books were important among the first national history text books, for primary and secondary schools because of their production context and use. We study these books as the product of the author¿s work and world-vision. To accomplish our goals, firstly, we debate the writing of History as a part of a chain of production and as a technology of the self. Secondly, we study those histories as manufactures, objects that exist as the result of the author¿s constitutive process as a Human, since childhood. In them, the author materializes his world-visions: the historical subject is the product of the way he developed, conceived and used "human beings" and its material culture in the writing of history. Thirdly, we coin the expression "prosthetic memory" because in the case of both authors and readers, that kind of books and that kind of history, both modern technologies, became an extension of the individual memory
Subject: Ribeiro, Joao, 1860-1934. História do Brasil
Arrubla, Gerardo, 1872-1946. Historia de Colombia para la enseñanza secundaria
Henao, Jesus María, 1870-1944. Historia de Colombia para la enseñanza secundaria
Brasil - História - Séc.XIX-XX
Colômbia - História - Séc. XIX-XX
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
AlarconJimenez_Andres_D.pdf12.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.