Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281205
Type: TESE
Title: Além da invisibilidade : história social do racismo em Porto Alegre durante a pós-abolição (1884-1918)
Title Alternative: Beyond the invisibility : social history of racism in Porto Alegre (1884-1918)
Author: Rosa, Marcus Vinicius de Freitas, 1980-
Advisor: Cunha, Maria Clementina Pereira, 1949-
Abstract: Resumo: Esta tese aborda as relações estabelecidas entre negros e brancos em Porto Alegre entre 1884 e 1918. Os momentos finais da escravidão no Rio Grande do Sul, mais particularmente a conjuntura emancipacionista da primeira metade da década de 1880 constitui o ponto de partida. Este período foi marcado pela preocupação acerca do destino dos libertos, pelo debate acerca da concessão de direitos civis àqueles que, até então, eram não-cidadãos, pela incidência de diversas medidas de controle social sobre os trabalhadores e pela busca de soluções para a suposta "ausência de mão de obra" gerada pelo cada vez mais elevado número de alforrias, problemas que deveriam ser resolvidos através da importação de trabalhadores europeus. Pelas três décadas posteriores à Lei Áurea, este estudo se volta para uma das principais e inevitáveis consequências da política de imigração em um país marcado pela escravidão: a proximidade e a coexistência entre trabalhadores com variados tons epidérmicos e diversas origens étnicas e raciais. Buscou-se identificar os significados atribuídos à raça ¿ implícitos ou explícitos, fosse por meio da cor, da nacionalidade ou de certas "qualidades" e "origens" distintivas, e até mesmo através de certos silêncios ¿ envolvidos nessas relações, tendo como palco a capital do Rio Grande do Sul. Ainda que se tenha prestado atenção às interações entre sujeitos provenientes dos mais diversos círculos sociais, bem como às políticas civilizatórias, modernizantes e seus desdobramentos sociais, este estudo buscou identificar as condições de trabalho, de moradia e de lazer que tornavam possíveis e condicionavam a proximidade, a coexistência e as interações entre trabalhadores pobres. Neste sentido, pretendeu-se escrever uma história social do racismo entre as classes subalternas

Abstract: This thesis addresses the relationships established between blacks and whites from 1884 to 1918. Its starting point is the final moments of slavery in the state of Rio Grande do Sul, especially the emancipation environment of the first half of the 1880s. This period was characterized by concerns about the freedmen¿s future, by the debate on the concession of civil rights to those that were non-citizens up until that moment, by the incidence of several social control mechanisms among workers, and by the search for solutions for the supposed "lack of manpower" generated by the increasing number of manumissions, a problem that would likely be solved by importing European workers. Going through the three decades following Lei Áurea [Golden Law], this study focuses on one of the main, inevitable consequences of immigration policies in a country marked by slavery: the proximity and coexistence among workers with varied epidermal tones and several ethnic and racial origins. It tried to identify the implicit or explicit meanings attributed to race¿whether through color, nationality, certain distinguished "qualities" or origins", or even certain silences¿involved in these relationships, having the capital of the state of Rio Grande do Sul, Porto Alegre, as the main stage. Even though we paid attention to the interactions between subjects from the most diverse social circles, as well as to civilizing, modernizing policies and their social consequences, this study aimed at identifying labor, housing and leisure conditions that enabled and conditioned the proximity, coexistence and interactions between poor workers. Thus, we intended to write a social history of racism among lower classes
Subject: Escravidão
Racismo - Brasil
História social
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rosa_MarcusViniciusdeFreitas_D.pdf4.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.