Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281199
Type: TESE DIGITAL
Title: A capital goiana do jeans : lexibilidade, subcontratação e gênero no setor de confecção de Jaraguá-GO
Title Alternative: The capital goiana of jeans
Author: Vilasboas, Jaqueline Pereira Oliveira, 1982-
Advisor: Leite, Márcia de Paula, 1948-
Abstract: Resumo: Estudar as condições de trabalho contemporâneas exige uma discussão dos processos mais amplos de flexibilização engendrados no contexto de reestruturação produtiva, que, como sabemos, apropria de diferentes maneiras as especificidades regionais e os diferentes perfis das pessoas envolvidas com o trabalho. Esta tese se propôs a investigar a estrutura do setor de confecção constituído em Jaraguá a partir da investigação de três espaços diferentes de trabalho: o trabalho a domicílio, o trabalho nas pequenas empresas formalizadas de produção e o trabalho nas lavanderias de jeans. Esses três espaços formam elos que são sistematicamente interdependentes e conformam uma cadeia de produção de peças jeans com contornos muito bem definidos no que diz respeito às categorias de gênero, raça e idade. Buscou-se entender quais fatores contribuíram para que um município sem qualquer tradição no segmento industrial ganhe destaque na região com a produção de jeans. A partir da articulação das categorias gênero e raça, problematizou-se os diferentes espaços de trabalho ocupados por homens, mulheres, negros e brancos. O homem branco aparece no topo da cadeia, ocupando os postos qualificados e melhor remunerados, enquanto a mulher negra aparece na base, alocada no trabalho a domicílio, exercendo atividades manuais, repetitivas e ganhando os piores salários. Problematizou-se também a articulação do trabalho com a vida familiar. Para as mulheres, o trabalho realizado nas facções domiciliares e nas empresas indica sempre uma imbricação com os espaços da casa, com os filhos e com as atividades domésticas. A partir da combinação das abordagens quantitativas (Censo e RAIS) e qualitativas (Entrevistas semiestruturadas), foi possível sustentar a tese de que o trabalho familiar, flexível e desregulamentado é a mola propulsora do setor; é ela que sustenta, alimenta e fornece as condições necessárias para que o município continue sendo conhecido na região como a capital das confecções. É ela que permite com seus baixos rendimentos a lucratividade e a competitividade do setor

Abstract: tudying the contemporary work conditions requires a discussion of the more amplified processes of flexibility engendered in the context of productive restructuring, which, as we know, appropriates in different ways the regional specificities and the different profiles of people involved with work. This thesis intended to investigate the structure of the confection sector in Jaraguá by the investigation of three different work spaces: home-based work, work in small formalized production companies and work in jeans washing companies. These three spaces form bonds that are systematically interdependent and conform a chain of production of jeans with very well defined contours regarding the categories of gender, race and age. We intended to understand which factors contributed in making a city with no tradition in the industrial segment gain highlight in the region with the production of jeans. Thru the articulation of the categories of gender and race, we questioned the different work spaces occupied by men, women and black and white people. The white man appears on the top of the chain, occupying the qualified posts that are best paid, while the black woman appears in the basis, allocated in the home-based work, exercising manual repetitive activities and earning the worst salaries. We also questioned the articulation of work with the family life. For women, the work carried out in the home faction and in the companies always indicates imbrications with the home spaces, with children and domestic activities. Thru the combination of the quantitative approaches (Censo and RAIS) and qualitative approaches (Semi structured interviews), it was possible to sustain the thesis that the home-based, flexible and unregulated work is the driving force of the sector; this work is what sustains, feeds and provides the necessary conditions for the city to continue being known in the region as the capital of confections. It is this work that allows this with its low income and profitability and the competitive edge of the sect
Subject: Roupas - Confecção
Trabalho a domicilio
Relações de gênero
Relações raciais
Jeans (Vestuário)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vilasboas_JaquelinePereiraOliveira_D.pdf2.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.