Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281139
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: George Berkeley e o problema da inteligibilidade dos objetos matemáticos
Title Alternative: George Berkeley and the problem of intelligibility of mathematical objects
Author: Calazans, Alex, 1978-
Advisor: Evora, Fatima Regina Rodrigues, 1958-
Abstract: Resumo: O objetivo desta tese é estabelecer um estudo de como Berkeley concebeu os objetos matemáticos. Interessa saber se há, em seu pensamento, uma unidade no critério de inteligibilidade desses objetos. Busca-se, para isso, reconstruir alguns de seus argumentos quanto ao que ele considera como objetos legítimos não só da aritmética, álgebra e geometria, como também do cálculo infinitesimal. A partir disso, serão avaliadas as consequências interpretativas de seus textos de maturidade - como é o caso do texto O Analista (1734), conhecido pela crítica ao cálculo infinitesimal - sobre se há primazia de tais objetos no processo de avaliação da cientificidade das matemáticas. Não se almeja, portanto, adotar como porta de entrada a macro questão sobre o que é ciência matemática, para Berkeley, mas a questão de como a noção de objeto matemático apresenta-se, ou não, como um dos elementos importantes para o esclarecimento desse problema mais geral

Abstract: The aim of this thesis is to establish a study of how Berkeley devised mathematical objects. It is of interest to know whether there is, in his thinking, a unit in the criterion of intelligibility of these objects. To do this, we try to reconstruct some of his arguments about what he considers as legitimate objects, not only in arithmetic, algebra and geometry, but also in the infinitesimal calculus. From this, the interpretive consequences of his maturity texts are evaluated - such as the text The Analyst (1734), which is known for the criticism of the infinitesimal calculus - on whether there is primacy of such objects in the process of evaluating the scientific character of mathematics. Therefore, we don¿t want to adopt as an entrance the more general question of what is mathematical science, to Berkeley, but the question of how the notion of mathematical object is presented, or not, as one of the important elements to enlighten this more general problem
Subject: Berkeley, George, 1685-1753
Matemática - Filosofia
Teoria do conhecimento
Objeto (Filosofia)
Percepção
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Calazans_Alex_D.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.