Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/281025
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Combate a pobreza e desenvolvimento humano : impasses teoricos na construção da politica social na atualidade
Title Alternative: Poverti combat and development : theoretical impasses on present social policy construction
Author: Mauriell, Ana Paula Ornellas
Advisor: Costa, Valeriano Mendes Ferreira, 1961-
Abstract: Resumo: A tese apresenta uma análise sobre os fundamentos teóricos que orientam as políticas sociais, observando, em particular, o significado da centralidade do combate à pobreza na condução das prioridades da agenda social internacional contemporânea, sinalizando que condições materiais e simbólicas plasmaram a transformação do estatuto teórico da questão social e suas formas de enfrentamento, afirmando uma inflexão no sentido da análise que passou a priorizar, teórica e metodologicamente, um foco predominantemente individualista de pensar o social. Um dos objetivos principais do trabalho é demonstrar que houve uma recondução da lógica que inspira a construção das políticas sociais, ressaltando como conflitos de valores, que reaparecem nos debates sobre pobreza e como combatê-la, fornecem elementos essenciais à compreensão das mudanças de sentido e funcionalidade das políticas sociais na atualidade. Para compor o referencial teórico, partiu-se de uma discussão sobre a natureza do alívio da pobreza e suas funções econômicas, políticas e ideológicas desde o início da formação do mercado capitalista de trabalho, contrapondo-se a uma caracterização da origem e desenvolvimento das políticas sociais, cujos valores e funções diferem dos limitados esquemas de alívio da pobreza. Atenção especial é dada ao pensamento anglo-saxão sobre pobreza, particularmente na tradição liberal norte-americana de política social. As transformações recentes das políticas sociais e as reformas nos esquemas de proteção social aparecem como parte de um movimento mais amplo da realidade, situadas a partir da configuração de uma nova ordem econômica global sob a égide de um padrão de relações internacionais pós Guerra Fria, que apresentam um determinismo econômico renovado com a naturalização da globalização, diante de uma nova caracterização dos sujeitos políticos envolvidos (estados, organismos internacionais, corporações financeiras, etc.), que assumiram novos papéis e dialogam de forma redimensionada. O Banco Mundial aparece como referência nuclear à demonstração de como teorias sobre desenvolvimento econômico e social ganharam terreno institucional internacional, enfatizando-lhe o papel intelectual e simbólico especialmente no que se refere ao ajuste estrutural e ao combate à pobreza. Outro objetivo central da tese é exibir as principais fontes teóricas que constituem o mosaico da nova configuração ideológica hegemônica liberal que justifica e acompanha a ordem global contemporânea, exposto na segunda parte do trabalho. Para tal, há um capítulo dedicado a Amartya Sen, principal fonte teórica que fundamenta a recondução da política social em direção ao alívio da pobreza

Abstract: The thesis presents an analysis about theoretical foundations which guide social policies, observing, particularly, the meaning of poverty combat centrality on the conduction of priorities in contemporary social international agenda, signalizing which symbolic and material conditions instruct the transformation of social question theoretical status and its opposition forms, affirming an inflexion on analysis sense which start to privilege theoretical and methodologically a individualistic way of thinking social reality. One of the main objectives of this work is to show that happened changes in logic direction which inspires social policy construction, emphasizing how values conflicts which appears in nowadays poverty debates and how to fight it provides essential elements to comprehend changes in present social policies functionality and sense. The theoretical basis start with a discussion about the nature of poverty relief and its economic, political and ideological functions since the beginning of capitalist work market formation, which shows up faced with a description of social policy origin and development, which values and functions are quite different criterion of limited poverty relief arrangements. Special attention is given to Anglo-Saxon thought, particularly American social policy liberal tradition. Social policies recent transformations and social protection reforms appears as part of a larger movement in social reality located through a new global economic order and new post Cold War international relations pattern, which presents a renewed economic determination with globalization naturalization in front of political actors new positions (states, international organisms, financial corporations, etc.) who adopted new forms to play the part of an dialogue in international arena. World Bank shows up as a nuclear reference to demonstrate how economic and social development theories spread through international institutionallity, emphasizing its intellectual and symbolic activities, especially about structural adjustment and poverty combat. Another central thesis objective is to exhibit principal theories foundations which constitute the mosaic of the new liberal ideological hegemonic configuration which justifies and accompanies contemporary global order, what is subjected in the second part if this work. Because of that, there is a chapter dedicated to Amartya Sen, considered main theoretical source which lead back social policy into poverty relief
Subject: Politicas sociais
Pobreza
Desenvolvimento humano
Relações internacionais
Globalização - Aspectos sociais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mauriell_AnaPaulaOrnellas_D.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.