Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280960
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Brasil e Índia = identidades autonomistas e a reconfiguração da identidade sul
Title Alternative: Brazil and India : autonomous identities and the southern identity reconfiguration Brazil and India
Author: Cardozo, Sandra Aparecida, 1972-
Advisor: Miyamoto, Shiguenoli, 1948-
Abstract: Resumo: Este trabalho analisa como a interação entre Brasil e Índia nos anos 2000 tem relação com as trajetórias autonomistas dos dois países. Apoiado no construtivismo para execução do desenvolvimento do estudo, as políticas internacionais de cada um dos países são apresentadas, inicialmente, no decorrer de um longo período, incluindo o da Guerra Fria, onde se percebem os princípios, ideias e identidades autonomistas e críticas à estruturação do poder mundial. Na mesma perspectiva, a análise caminha para a exposição de posturas e atuações de Brasil e Índia, no mundo pós-Guerra Fria, e demonstra perante as mudanças das políticas internacionais de cada um, a preservação de posturas autonomistas, a defesa do multilateralismo e a participação dos países em desenvolvimento nas instâncias decisórias internacionais. Por fim, são expostas as principais formas de interações entre Brasil e Índia e suas posturas concertadas sobre grandes temas da agenda internacional. Argumenta-se que a aproximação entre Índia e Brasil, nos últimos anos, advém do conhecimento que cada país tem um do outro, da defesa de valores dos países em desenvolvimento, ou seja, a convergência de identidades que alavancam novas idéias e interesses. Estes elementos, então, contribuem para a reconfiguração da identidade sul no mundo pós-Guerra Fria

Abstract: This paper analyzes how the interaction between Brazil and India in the 2000s is related to the autonomous trajectories of the two countries. Based on the constructivism as to execute the development of the study, the international policies of each country are presented, initially, over a long period, including the Cold War, in which we can meet the principles, ideas, autonomous identities and some critics to the structuring of world power. Under the same perspective, the analysis moves to the exposure of Brazil and India postures and performances in the post-Cold War context and it demonstrates before the changes of the international policy of each one the preservation of autonomy postures, the defense of multilateralism and the developing countries participation in international decision-makers. Finally, it exposes the main forms of interactions between India and Brazil and their postures, arranged within major topics of the international agenda. It is argued that the nearness of India and Brazil in recent years comes from the knowledge each country has from one another, from the defense of values in developing countries, i.e. the convergence of identities that leverage new ideas and interests. These elements then contribute to the reconfiguration of southern identity in the post-Cold War era
Subject: Política internacional
Brasil - Relações exteriores - Índia
Índia - Relações exteriores - Brasil
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cardozo_SandraAparecida_D.pdf1.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.