Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280888
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Produção associada na era da precarização estrutural = da atuação das cooperativas de trabalho
Title Alternative: Associated production in the era of structural precariousness : an analysis of the performance of work cooperatives
Author: Pagotto, Claudete
Advisor: Antunes, Ricardo, 1953-
Antunes, Ricardo Luiz Coutro
Abstract: Resumo: Neste trabalho analisamos os processos de formação e de organização de cooperativas populares de trabalho vinculadas à Incubadora Pública de Economia Solidária da Prefeitura de Santo André em parceira com a UNISOL-Br: o caso da CoopStilus e da Cooperativa Vale Verde e à Comuna Urbana ?Dom Hélder Câmara? do MST: o caso da cooperativa de costura, com o objetivo de expor, como e por meio de quais especificidades as cooperativas adquirem uma funcionalidade no processo de precarização do trabalho em curso, ao mesmo tempo que podem (ou não) reafirmar valores coletivos no interior da ordem do capital. Realizamos a análise do contexto histórico, a partir dos anos 1990, período este de crescimento das cooperativas e da inserção de projetos de geração de trabalho e renda na CUT e em políticas de governo sob a gestão do PT, particularmente na cidade de Santo André, sob o enfoque da economia solidária. Realizamos uma abordagem geral acerca das experiências da economia solidária realizadas em políticas de governo e sobre as teorizações de seus principais interlocutores. Alguns dos principais elementos que influenciam a concepção de economia solidária foram abordados a partir dos apontamentos sobre a formação do pensamento socialista no século XIX, e sobre as conceituações acerca de uma economia plural em Karl Polanyi. Ressaltamos, na análise teórica, os apontamentos de Karl Marx sobre o trabalho em cooperativa sob a ordem do capital. Esboçamos ao final uma síntese das análises realizadas a partir dos dados obtidos com a investigação e uma aproximação ao objeto da pesquisa por meio de uma reflexão referente às ambiguidades que envolvem uma cooperativa na fase atual do capitalismo, retomando o debate sobre a possibilidade (ou não) de produzir relações sociais novas, por meio de cooperativas, sob a ordem de capital

Abstract: In this paper we examined the processes of formation and organization of three popular cooperatives, two of them linked to the Economic Solidarity Incubator of the City of Santo André in partnership with UNISOL-Br: CoopStilus and Cooperativa Vale Verde; and one related to the MST (Landless Worker's Movement) Urban Commune Dom Hélder Câmara: the Sewing Cooperative. It aimed to describe how and by which means the cooperative acquire a functionality in the ongoing process of precarization of labor, while at the same time they may (or may not) reaffirm collective values within the capitalist order. We conducted a general analysis of the historical context from the 1990s on, a period which saw the growth of cooperatives and the creation of job and income generation projects inside CUT (a mass Brazilian national union organization) and government policies under the management of PT (Worker's party), particularly in the city of Santo André, from the viewpoint of the solidary economy. We developed a general approach on the experiences of solidary economy held in government policies and on the theories of its main interlocutors. Some key elements that influence the development of solidary economy were addressed from the notes on the evolution of the Socialist Thought in the 19th century, and Karl Polanyi's concepts of a plural economy. In the theoretical analysis, we highlight Karl Marx's notes on the cooperative work under the order of capital. To conclude, we outline a summary of the analyses performed from the data obtained with this research and an approach to the object of research through reflection regarding the ambiguities involving a cooperative in the current phase of capitalism, resuming the debate on the possibility of whether (or not) to produce new social relations through cooperatives, under the order of capital
Subject: Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (Brasil)
Central Única dos Trabalhadores (Brasil)
Partido dos Trabalhadores (Brasil)
Cooperativismo
Economia solidária
Socialismo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pagotto_Claudete_D.pdf3.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.