Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280857
Type: TESE
Title: As majors da musica e o mercado fonografico nacional
Title Alternative: The music majors and the national phonographic market
Author: Lima, Mariana Mont'Alverne Barreto
Advisor: Ortiz, Renato, 1947-
Ortiz, Renato Jose Pinto
Abstract: Resumo: Esta pesquisa analisa o funcionamento das quatro gravadoras de discos transnacionais que operam no mercado fonográfico brasileiro, a partir do estabelecimento do disco compacto como suporte padrão para a reprodução e comercialização de música gravada. Partindo da hipótese de que em tempos de globalização da economia e mundialização da cultura, este mercado se comporta e se transforma de modo diverso, investiga-se quais são as características estruturais de tais transformações e como agem os diferentes agentes sociais que disputam este espaço. Para isso, considerando a configuração destas gravadoras enquanto majors, ou seja, companhias que dominam a produção e distribuição de música gravada no mundo, a posição que passam a ocupar daí em diante, explora-se como se organizam frente aos desafios impostos pela economia global - seus pertencimentos a corporações transnacionais, os usos das tecnologias digitais em seus processos produtivos, o incremento da concorrência em escala mundial, etc. -, e, de que forma, conservam, ou não, os mecanismos de reprodução deste campo, no qual elas mesmas são fundadoras dos seus princípios de construção. Por meio de uma pesquisa empírica qualitativa realizada nas quatro majors - entrevistas, depoimentos pessoais, fontes estatísticas, relatórios técnicos ou ainda, publicações especializadas -, buscou-se captar a lógica de funcionamento deste universo particular das indústrias culturais, a partir do modo como aqueles que se encontram em posições dominantes se engajam, justificam e dão sentido às suas práticas e ações.

Abstract: This research analyzes the operation of four transnational record labels that operate in the Brazilian phonographic market, as of the establishment of the compact disc as a support pattern for the reproduction and sale of recorded music. Assuming that in times of economic and cultural globalization, this market behaves and becomes so diverse, we investigate what the structural features of such changes are and how the different actors competing for this space act. Thus, considering the configuration of those labels as majors, that is, companies that dominate the production and distribution of recorded music around the world, and the position they start to occupy thereafter, we explore how they organize themselves against the challenges imposed by the global economy - their attachments to transnational corporations, the uses of digital technologies in their production processes, the increase of worldwide competition, etc. - and, how, they save the reproduction mechanisms of this field or not, in which they are founders of their own construction principles. Through a qualitative empirical research carried out within the four majors - interviews, personal accounts, statistical sources, technical reports or even publications - we have sought to capture the operational logic of this particular universe of cultural industries, as of the way those who are in dominant positions engage, justify, and give meaning to their practices and actions.
Subject: Fonografia
Registros sonoros
Indústria cultural
Empresas multinacionais - Brasil - Séc. XXI
Executivos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_MarianaMont'AlverneBarreto_D.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.